Bronzeamento Artificial – Perigos e Cuidados

☰ CONTEÚDO Bronzeamento Artificial – Perigos e CuidadosPerigos do bronzeamento artificialPrecauções:Efeitos Colaterais: Bronzeamento Artificial – Perigos e Cuidados O verão esta chegando e o…

Por Redacao em 18/10/2010

Bronzeamento Artificial – Perigos e Cuidados

O verão esta chegando e o maior desejo das mulheres é enfrentar a estação com o corpo perfeito e com um bronzeado dourado parelho, mas para deixar a pele com essa cor invejável milhares de mulheres enfrentam o bronzeamento artificial e ficam durante horas dentro das estéticas até atingirem a cor desejada na pele sem se importarem com os riscos que podem estar correndo. Estamos vivendo no século em que a beleza estética é essencial e leva milhares de pessoas a cometerem verdadeiras loucuras em prol da perfeição. Algumas pessoas se deprimem não se alimentam adequadamente com medo de engordar e perder as formas indesejáveis.

Perigos do bronzeamento artificial

A exposição em excesso ao sol faz muito mal, mas a exposição as camas de bronzeamento artificial fazem mais mal ainda, pois elas aceleram o processo do bronzeamento da pele com a emissão dos raios ultravioletas A (UVA) que atacam a camada mais profunda da pele e promovem uma agressão a pele. Se a pele for exposta com muita freqüência este tipo de bronzeado pode determinar algumas alterações celulares como:

  • Mudanças nas fibras elásticas e colágenas que resultam o envelhecimento precoce;
  • Tumores cutâneos;
  • Lesões pré-cancerosas;
  • Surgimento de manchas.

Os raios ultravioleta A (UVA) e B (UVB) artificiais podem ser um dos responsáveis pelo câncer de pele, pois eles tem o potencial “carcinogênico” que é um dos responsáveis por males da pele e o bronzeamento artificial é mais nocivo que o bronzeamento natural do sol.

Outros riscos que pode aparecer são as reações alérgicas, pois alguns medicamentos podem sofrer interferências pelos raios nas sessões de bronzeamento que podem gerar reações alérgicas e serias queimaduras na pele.

Precauções:

Para que o processo de bronzeamento artificial seja de boa qualidade é aconselhável que o interessado em manter a sua pele sempre morena passe por uma avaliação médica antes de começar o bronzeamento e  o medico deve preencher um formulário padrão respondendo a todas as questões especificando se o paciente dele pode ou não fazer o bronzeamento e depois o paciente além de toda esta etapa também deve assinar um termo de consentimento.

Efeitos Colaterais:

O envelhecimento das células forçadamente também esta direcionado ao aparecimento da catarata e do Lúpus uma doença que causa alterações no sistema imunológico, pois uma pessoa com LES produz alguns anticorpos que reagem contra suas próprias células normais. Os efeitos muitas vezes aparecem na pele, articulações e órgãos, por causa destes efeitos colaterais e muitos outros que podem ocorrer nas pessoas que se submetem a bronzeamentos artificiais. É necessário cuidar as clinicas onde são feitos os bronzeamentos, pois deve ter um profissional adequado para acompanhar as sessões de bronzeamento, a clinica deve estar legalizada com alvará e as condições de higiene também devem ser satisfatórias. Com estes cuidados é possível fazer sessões de bronzeamento artificial sem que a pessoa sofra algum dos efeitos colaterais.

Top