Bronquite na gravidez: o que fazer

Algumas mulheres são portadoras de asma e acabam engravidando. Devido a isso, muitas dessas futuras mamães possuem dúvidas sobre como se portar diante desse…

Algumas mulheres são portadoras de asma e acabam engravidando. Devido a isso, muitas dessas futuras mamães possuem dúvidas sobre como se portar diante desse problema. Isso inclui saber reconhecer quais medicamentos podem ser utilizados durante a gestação. Saiba o que fazer com a bronquite na gravidez.

A asma é uma doença muito comum em nosso meio. (Foto: divulgação)

Saiba mais sobre a asma

De acordo com especialistas, a asma ou como é conhecida popularmente, a bronquite, é uma das doenças mais comuns na população em geral, tendo uma alta prevalência na gravidez. Por isso, é imprescindível que a gestante asmática associe o acompanhamento com o ginecologista e o pneumologista. Além disso, gestantes com alergia descontrolada possuem uma menor oxigenação, o que pode prejudicar a oferta de oxigênio ao feto.

Conhecendo sobre a medicação

Muitas gestantes asmáticas tem receio sobre a segurança dos remédios. No entanto, diferente do que muitas mulheres pensam, os malefícios para o bebê não estão relacionados às medicações para o controle da asma, mas sim a uma doença mal controlada. Especialistas afirmam que os remédios utilizados para o controla da asma são seguros, mesmo que sejam utilizados no começo da gravidez.

A gestação é um período que necessita de cuidados. (Foto: divulgação)

Buscando a orientação de um especialista

Durante o primeiro trimestre de gestação é preciso que os médicos avaliem o risco-benefício do uso das medicações para o controle da asma. Dessa forma, é ideal que a gestante busque a orientação de um especialista, antes de iniciar o uso dos remédios para o controle da doença.

Prevenindo as crises de asma

As gestantes asmáticas não podem se esquecer que o fator ambiental é importante para evitar as crises asmáticas. Confira abaixo algumas dicas de como prevenir o descontrole da asma:

  • Abandonar o hábito do cigarro;
  • Ficar longe de pessoas fumantes;
  • Controlar  a poeira doméstica;
  • Evitar os produtos com cheiros fortes, como os de limpeza e os perfumes;
  • Evitar o uso de carpetes e cortinas;
  • Manter o ambiente seco, arejado e ensolarado;
  • O colchão e os travesseiros devem ser revestidos com capas antialérgicas;
  • Lavar a roupa de cama com água quente;
  • Evitar o uso de roupas e cobertores guardados por longo período.

    Os medicamentos para o controle da asma não trazem efeitos adversos ao bebê. (Foto: divulgação)

A asma é uma doença muito comum e que pode ser controlada, através do uso de medicamentos. Após conhecer mais sobre o que fazer com a bronquite na gravidez, basta seguir as orientações de um especialista para iniciar o tratamento e evitar consequências futuras.

Leia Também:  Conheça os mitos e verdades do protetor solar

Top