Brinquedoteca em casa – como montar

A brinquedoteca é um ambiente perfeito para que as crianças possam brincar e interagir umas com as outras. O espaço aparece com mais frequência…

Por Isabella Moretti em 23/01/2012

A brinquedoteca exibe um visual agradável, descontraído e perfeito para as brincadeiras.

A brinquedoteca é um ambiente perfeito para que as crianças possam brincar e interagir umas com as outras. O espaço aparece com mais frequência nas escolas de educação infantil, mas com um pouco de criatividade é possível montar o ambiente em casa e proporcionar bons momentos de diversão para os pequenos.

A proposta lúdica deve prevalecer na decoração da brinquedoteca, deixando as crianças mais estimuladas para as brincadeiras. O ambiente também precisa contar com móveis que favoreçam a organização dos brinquedos e que não comprometam a questão da segurança. Outro aspecto importante na montagem do espaço é a criação de nichos.

Dicas para montar uma brinquedoteca

1. Em um quarto vago da casa, use tintas coloridas para pintar as paredes e até mesmo fazer ilustrações divertidas. É fundamental que o espaço vertical sirva de estímulo para a imaginação das crianças.

Monte uma decoração divertida para despertar o interesse das crianças.

2. Crie facilidades para armazenar os brinquedos, adotando recipientes e móveis apropriados para este fim. Na hora de optar pelos itens mobiliários, leve em conta o conforto das crianças, com mesinhas, cadeiras e puffs nos tamanhos apropriados. Prefira ainda peças com arestas arredondadas para não machucar os pequenos e deixe tudo distribuído no espaço ao alcance das mãos.

3. Alguns brinquedos se alinham melhor com a proposta da brinquedoteca, tais como: casa de boneca, piscina de bolinhas, lousa, barracas pequenas, jogos de tabuleiro, escorregador, fantasias, carrinhos, peças de encaixe, entre outros. Os livros infantis também são bem-vindos na brinquedoteca e assumem papel estimulante para as crianças que estão aprendendo a ler.

4. Os nichos são fundamentais para classificar um espaço como brinquedoteca. Desta forma, procure separar os brinquedos por categorias e monte áreas para realizar diferentes atividades.

Reserve um cantinho para cada atividade diferente.

Alguns cenários são recorrentes nas brinquedotecas, tais como: camarim de fantasias, ambiente de leitura, cantinho para artes, jardim, casinha e mercado. Caso o cômodo não tenha espaço para estas divisões, procure segmentar de uma maneira mais simples.

5. Para estimular as crianças a guardar os brinquedos, crie novas embalagens para as peças, sempre apostando em muitas cores e figuras animadas. Desta forma, uma tarefa que seria obrigação se torna mais divertida e prazerosa para os pequenos.

6. É importante que a brincadeira também flua entre pais e filhos, por isso vale a pena adicionar itens na biblioteca que garantam o conforto de um adulto que se encontra no ambiente.

Aproveite as sugestões e monte uma brinquedoteca deliciosa para a criançada.

 

Top