Brasileiro Thiago Silva Marca garante empate contra o Barcelona

Mesmo sendo melhor durante toda a partida, equipe catalã falha no fim e leva o empate aos 47 minutos da etapa final. Um verdadeiro…

Mesmo sendo melhor durante toda a partida, equipe catalã falha no fim e leva o empate aos 47 minutos da etapa final.

Um verdadeiro jogo de ataque contra defesa. Assim pode ser classificado o clássico europeu entre Barcelona e Milan, realizado nesta terça-feira, no Camp Nou, na abertura da fase de grupos da Champions League. Porém, apesar de ter ficado praticamente todo o jogo na defesa, o Milan mostrou sua força e no último minuto arrancou um importante empate em 2 a 2.

Com o resultado, a equipe rossonera mantém sua invencibilidade em estreias pela Liga dos Campeões, já que não é derrotada na primeira rodada desde a temporada 1996-97.

Apesar de atuar sem os atacantes Zlatan Ibrahimovic e Robinho, lesionados, o Milan precisou de menos de um minuto para abrir o placar. O brasileiro Alexandre Pato arrancou sozinho do meio de campo e bateu sem chances para o goleiro Victor Valdés: 1 a 0 Milan.

O problema é que depois de sair na frente do marcador, o Milan recuou demais e ficou o primeiro tempo inteiro na defesa.

Mesmo atrás no placar, o Barcelona continuou atuando da mesma maneira. Abusando da eficiência na troca de passes, o time catalão chegou pela primeira vez aos oito minutos. Daniel Alves recebeu pela direita e bateu cruzado para boa defesa de Abbiati.

Cinco minutos depois foi a vez de Messi arrancar e bater forte para outra defesa de Abbiati. Pouco depois, o argentino ainda cobrou falta e a bola explodiu na trave.

O massacre espanhol continuava a todo vapor. Aos 29 minutos, o Barça trocou passes com tranquilidade na entrada da área, até que Daniel Alves serviu Lionel Messi. O argentino chutou e Abbiati evitou o gol de empate.

Porém, o ferrolho italiano armado pelo técnico Massimiliano Allegri não resistiu ao talento de Messi. Aos 36 minutos, o melhor jogador do mundo passou por três adversários, cruzou e Pedro sozinho apenas completou para o gol.

Leia Também:  Com início arrasador, Grêmio bate o Santos e se aproxima do G-5

Na segunda etapa, a equipe espanhola seguiu imprimindo um forte ritmo ofensivo e logo aos quatro minutos marcou o gol da virada. David Villa bateu falta com precisão no ângulo para fazer 2 a 1. Golaço do Barça.

Visivelmente desmontado na frente, o Milan continuava sem ameaçar o Barcelona. Pato permanecia isolado no ataque e os demais atletas da equipe italiana, principalmente Seedorf, continuavam preocupados apenas em destruir as jogadas do Barcelona.

Para tentar mudar o panorama da partida, o técnico italiano trocou o atacante Cassano pelo meia Emanuelson. Depois, foi a vez de Van Bommel dar lugar a Aquilani. Guardiola, treinador do Barça, respondeu substituindo Keita por Puyol.

Apesar do predomínio do Barcelona na partida e das poucas chances criadas pelo Milan, a equipe rossonera mostrou sua força e empatou no fim da partida. Aos 47 minutos, Seedorf cobrou escanteio na cabeça do zagueiro Thiago Silva, que testou com força para o fundo do gol de Valdés, dando números finais ao eletrizante duelo.

Ficha técnica

Barcelona: Valdés; Daniel Alves, Mascherado, Busquets, Abidal Seydoun Keita (Puyol), Xavi, Iniesta (Fábregas); Pedro, Messi, David Villa (Afellay).

Milan: Abbiati; Abate, Nesta, Thiago Silva, Zambrotta; Nocerino, Van Bommel (Aquilani), Seedorf; Boateng (Ambrosini); Cassano (Emanuelson), Pato.

Cartões amarelos: Van Bommel, Nesta (Milan); David Villa, Daniel Alves e Puyol (Barcelona)

Gols: Pato, aos 30’’ do primeiro tempo e Thiago Silva aos 47 minutos do segundo tempoo (Milan); Lionel Messi, aos 29 minutos do primeiro tempo e David Villa aos quatro minutos da etapa final (Barcelona).

Top