Brasileirão embolou de vez na parte de cima da tabela

Depois de 29 rodadas percorridas, diferença entre o primeiro e o sexto colocado é de apenas quatro pontos. Promessa de muita emoção nas últimas nove rodadas

Corinthians, de Julio César, segue na ponta, mas vê os adversários na cola

Com o complemento da 29ª rodada do Brasileirão, na noite de quinta-feira, o campeonato embolou totalmente na parte de cima da tabela e somente quatro pontos separam o líder Corinthians, que tem 51, do sexto colocado Fluminense, 47. Diferença pequena e que permite a seis clubes ainda sonharem com a conquista do título nacional: além de Timão e Flu, Vasco, Botafogo, São Paulo e Flamengo também seguem vivos na luta pelo troféu.

Definitivamente, essa é a edição mais equilibrada de um Campeonato Brasileiro na era dos pontos corridos. Somente em 2004, a situação era semelhante a essa altura. Naquele ano, a distância entre o líder Santos e o sexto colocado Palmeiras também era de quatro pontos. A diferença é que o torneio de 2004 contava com a participação de 24 clubes.

Tamanho equilíbrio no Brasileirão de 2011 reflete ainda na baixa pontuação atingida pelo primeiro colocado após 29 rodadas. Em comparação às edições passadas do torneio, o líder deste ano, o Corinthians, tem a menor pontuação entre todos os líderes do Brasileirão, desde 2003.

Enquanto o Timão somou até aqui 51 pontos, aproveitamento de 58,6%, no ano passado, por exemplo, o Cruzeiro já havia conquistado 54 pontos, com 62,7% de aproveitamento. Entretanto, o líder com o melhor desempenho depois de 29 rodadas é o São Paulo de 2007. Naquela ocasião, o Tricolor havia atingido a essa altura do torneio a casa dos 63 pontos, aproveitamento de 72,41%.

Diante destes números, é possível imaginar que o campeão brasileiro de 2011 será definido apenas na última rodada e atingirá a menor pontuação desde que o torneio passou a ser realizado no formato de pontos corridos. Fator que mostra o quanto um torneio com essa fórmula de disputa pode ser emocionante do início ao fim.

Continuar Lendo  Esperançoso Fluminense visita o desesperado Ceará, em Fortaleza

Veja o comparativo de pontos entre os líderes em todas as edições de pontos corridos do Brasileirão até a 29ª rodada

2011 – Corinthians – 51 pontos – 58,6% de aproveitamento

2010 – Cruzeiro – 54 pontos – 62,7% de aproveitamento

2009 – Palmeiras – 54 pontos – 62,7% de aproveitamento

2008 – Grêmio – 56 pontos – 64,37% de aproveitamento

2007 – São Paulo – 63 pontos – 72,41% de aproveitamento

2006 – São Paulo – 58 pontos – 67,82% de aproveitamento

2005 – Corinthians – 57 pontos – 65,52% de aproveitamento

2004 – Santos – 52 pontos – 59,77% de aproveitamento

2003 – Cruzeiro – 55 pontos – 63,22% de aproveitamento

Top