Brasil e Argentina disputam vaga na final do vôlei masculino em Guadalajara

A rivalidade histórica entre brasileiros e argentinos ganhará a quadra do Complexo Pan-Americano de vôlei, em Guadalajara. Na noite desta sexta-feira, os grandes rivais…

Experiente, Gustavo tenta conduzir o jovem grupo brasileiro a mais uma final de Pan

A rivalidade histórica entre brasileiros e argentinos ganhará a quadra do Complexo Pan-Americano de vôlei, em Guadalajara. Na noite desta sexta-feira, os grandes rivais se enfrentam pelas semifinais do vôlei masculino no Pan, às 20 horas (horário de Brasília).

Em um encontro amistoso, as partidas entre Brasil e Argentina já são cercadas de polêmicas e provocações. E isso não deve ser diferente nesta noite, já que o vencedor garante vaga na grande decisão pela medalha de ouro, que acontece neste sábado. A outra semifinal será disputada entre o anfitrião México e a Seleção de Cuba. O Brasil segue em busca do bicampeonato do torneio.

Mesmo não contando com sua força máxima, a Seleção Brasileira mantém os 100% de aproveitamento na competição, com três vitórias na fase classificatória (sobre Canadá, Porto Rico e Estados Unidos). Como foi o primeiro do grupo, o Brasil se classificou direto para as semifinais. A Argentina, por sua vez, teve que entrar em quadra para disputar as quartas de final e suou a camisa para eliminar os Estados Unidos por 3 sets a 2.

Apesar de as duas equipes terem enviado equipes mistas para os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, a partida desta noite lembra a final do Campeonato Sul-Americano, disputado em setembro, em Cuiabá (MT), quando o Brasil levou a melhor e ficou com o título ao vencer os hermanos por 3 sets a 1.

Sem estrelas do quilate de Giba, Serginho e Dante, a seleção verde e amarela conta com o central Gustavo e o levantador Bruninho como os principais líderes da equipe para chegar a mais uma final pan-americana.

Jogos da Seleção Brasileira na primeira fase em Guadalajara:

Brasil 3 sets a 0 Canadá (parciais de 25-17, 25-13 e 25-13)

Brasil 3 sets a 0 Porto Rico (parciais de 25-22, 25-14 e 25-18)

Brasil 3 sets a 1 Estados Unidos (parciais de 18-25, 25-17, 25-14 e 25-18)

 

Top