Brasil arrasa a Rússia e assume a liderança da Copa do Mundo de vôlei

A Seleção Brasileira masculina de vôlei encantou os torcedores do mundo todo com a belíssima apresentação diante da Rússia, na madrugada desta quinta-feira, na…

Lucão, Murilo e Giba vibram durante vitória do Brasil

A Seleção Brasileira masculina de vôlei encantou os torcedores do mundo todo com a belíssima apresentação diante da Rússia, na madrugada desta quinta-feira, na cidade de Kumamoto, pela Copa do Mundo do Japão.

Em apenas uma hora e dezesseis minutos, a equipe verde e amarela atropelou os russos por 3 sets a 0, parciais de 25/16, 25/19 e 25/22, assumiu a liderança do Mundial, com 10 pontos, e ainda por cima se vingou da derrota para a Rússia na final da Liga Mundial, disputada em julho deste ano.

Durante a exibição de alto nível, o Brasil contou com o talento de dois jogadores em especial para vencer: Murilo, maior pontuador da seleção, com 12 acertos, e o líbero Serginho, eleito o melhor jogador em quadra pela organização do evento.

A partida nem bem começou e os comandados de Bernardinho já davam mostras de que o passeio seria rápido. Antes mesmo da metade do primeiro set, os brasileiros pularam na frente do marcador e abriram 8 a 4. Entretanto, donos de muita técnica, os russos reagiram e igualaram o marcador em 10 a 10. No entanto, a partir daí, só deu Brasil em quadra. Com uma boa variação de jogadas, o time verde e amarelo abriu uma ampla vantagem e fechou o set em 25 a 16.

No segundo set, a Seleção da Rússia retornou mais atenta à quadra e dificultou a vida dos brasileiros no início. Entretanto, a partir da metade da parcial, o time brasileiro começou a encaixar seu jogo novamente e com um bloqueio certeiro de Giba fechou o set em 25 a 19.

No set mais difícil do jogo, a Seleção Brasileira mostrou que está pronta para qualquer desafio na Copa do Mundo. Diante da força dos russos, o time brasileiro soube conduzir o duelo, mas mesmo assim passou por alguns sustos na parcial mais equilibrada do jogo. A Rússia chegou a fazer 18 a 16. Em desvantagem no marcador, o técnico Bernardinho pediu tempo, corrigiu alguns erros e, de maneira incrível, o Brasil virou o jogo e com um ponto de ataque do experiente Giba garantiu a vitória no set por 25 a 22 e no jogo em 3 sets a 0.

O próximo desafio dos brasileiros será diante dos chineses, nesta-sexta-feira, às 4h (horário de Brasília), também na cidade de Kumamoto.

Top