Box de vidro: perigos, cuidados, como escolher

As antigas cortininhas de plástico ou os boxes de acrílico tornaram-se raros, nos banheiros das residências. Eles vêm sendo substituídos pelo box de vidro, que é muita mais elegante e moderno. Porém, pouco se pensa sobre os perigos deste elemento decorativo. Saiba como evitar acidentes, conhecendo melhor os perigos do box de vidro, como escolhê-los e quais os cuidados necessários.

Vidro substituiu as cortininhas e boxes de acrílico (Foto: Divulgação)

Perigos do box de vidro

É preciso pouco raciocínio para entender quais são os perigos do box de vidro. O material, que é cortante, pode se quebrar com o menor descuido. Acidentes podem acontecer com a família toda, mas tudo pode ficar ainda pior, quando há crianças na casa.

Os boxes de vidro podem ser blindex. Quando o produto é verdadeiro e certificado pelo Inmetro, significa dizer que o vidro é do tipo temperado. Este material, quando é danificado, quebra-se em pequenos pedaços, diminuindo muito os riscos de graves acidentes. Porém, isso não garante a ausência de ferimentos. Há muitos casos em que as pessoas (principalmente crianças e idosos), cortam-se levemente com os estilhaços, mas acabam se machucando muito mais devido à reação ao acidente, tomadas pelo susto.

Manutenção do box deve ser anual (Foto: Divulgação)

Cuidados com o box de vidro

Infelizmente, não são poucas as pessoas que deixam de realizar a manutenção do box de vidro, simplesmente por não saberem  disso ou por julgarem desnecessário o gasto com este trabalho, que deve ser feito por profissionais. Talvez esta seja a principal causa dos acidentes com os boxes.

Diariamente, é preciso ter atenção com o estado do box. Qualquer irregularidade em seu funcionamento deve ser corrigida. As portas devem deslizar livremente ou movimentar-se sem nenhum obstáculo. Caso perceba que o peso do material apresenta diferenças, também será preciso realizar a manutenção.

As roldanas devem ser verificadas, anualmente. Qualquer alteração em seu funcionamento poderá fazer estourar o box de vidro. Da mesma forma, verifique a distância entre o puxador e a porta fixa, que deve ser de, no mínimo, 5 centímetros.

Vidro deve ser temperado, para evitar acidentes graves (Foto: Divulgação)

É preciso, também, evitar movimentos bruscos com o box de vidro. Abra e feche suas portas, sempre de forma delicada.

Durante o inverno, evite passar muito tempo dentro do banheiro, totalmente fechado e com a temperatura do chuveiro muito alta, pois o choque térmico poderá causar o estouro do vidro.

A limpeza do box de vidro deve ser feita segundo as normas do manual do fabricante. Para cuidar do material corretamente e evitar acidentes, é de extrema importância seguir as orientações do manual.

Ao escolher box de vidro, verifique se o vendedor é de confiança e se o produto traz o selo do Inmetro, além da certificação de que o material é de vidro temperado (blindex).

Caso se sinta inseguro com o vidro, experimente usar cortinas de plástico, que não são esteticamente favoráveis, mas poupam as pessoas de acidentes, principalmente crianças.

Tenha cuidado ao optar pelo box de acrílico que, embora pareça inofensivo, também pode se quebrar e causar ferimentos, pois seus pedaços são maiores e também cortantes. O ideal, ao optar por qualquer produto, é seguir as orientações do fabricante e nunca deixar de fazer sua manutenção.

Reply