Botox: mitos e verdades

O Botox é um dos queridinhos da indústria da beleza, pois além de servir para uma variedade de situações, inclusive terapêuticas, apresenta resultados rápidos…

O Botox é um dos queridinhos da indústria da beleza, pois além de servir para uma variedade de situações, inclusive terapêuticas, apresenta resultados rápidos e seu custo da aplicação está cada vez menor. O uso desse produto está relacionado a vários conceitos errados sobre o assunto. Confira alguns mitos e verdades sobre o Botox.

O uso do Botox está cada vez mais comum. (Foto: divulgação)

Saiba mais sobre o Botox e confira a média de preço cobrada pelas aplicações.

Os resultados do Botox são imediatos

Mito. Apesar de algumas rugas desaparecem instantaneamente no momento da aplicação do produto, o efeito paralisante sobre a musculatura começa a partir de 48 horas. Com cerca de 7 dias já é possível usufruir de quase todo o efeito estético do produto, entretanto, na maioria dos casos, pode ser preciso esperar por até 15 dias para o efeito pleno.

O efeito Botox é permanente

Mito. O relaxamento da musculatura com o consequente desaparecimento de rugas começa a dissipar-se, em média, dentro de 3 a 4 meses. Com 6 meses ele acaba e é necessário realizar nova aplicação.

O Botox pode deixar o rosto assimétrico

Verdade. Se a aplicação não for realizada por um profissional devidamente qualificado, o mau uso do Botox pode resultar em algumas áreas de assimetria do rosto, em especial na região da dos olhos e da boca.

Leia Também:  Como funciona a aplicação de botox

Confira as principais complicações do uso de Botox.

Depois de passar o efeito do Botox, a ruga fica pior

Mito. Caso o uso do Botox seja interrompido por um período muito maior que 6 meses, a pele irá voltar a ser como era antes do início do tratamento, podendo, em alguns casos, ficar até um pouco melhor, mas nunca pior. A interrupção de seu uso não agrava as rugas.

Antes e depois da aplicação do Botox. (Foto: divulgação)

Após as sessões de aplicação, a pele pode ficar roxa

Verdade. Embora seja rara, a ocorrência de hematomas após a aplicação de Botox é um problema que pode acontecer como resultado do rompimento de pequenos vasos. As manchas arroxeadas podem ser minimizadas com compressas frias e não implicam em nenhum risco.

Depois de aplicar Botox é preciso se proteger do sol

Verdade. A exposição aos raios solares, especialmente nos casos em que ocorre formação de hematoma, pode propiciar o surgimento de manchas na pele.

Cremes antirrugas substituem o Botox

Mito. Os cremes atuam na superfície da pele, enquanto o Botox é aplicado na camada muscular, que é mais profunda.

O Botox não é indicado para rugas profundas

Verdade. O Botox é uma excelente ferramenta no combate de rugas mais superficiais, porém em situações de sulcos muito profundos é incapaz de resolver o problema, sendo indicado o uso de laser, cirurgias corretivas ou produtos para preenchimento.

Entenda como funciona a aplicação de Botox.

Pode ocorrer efeitos sistêmicos

Mito. A quantidade de produto utilizada em tratamentos estéticos é tão pequena que é incapaz de causar problemas sistêmicos.

O uso de cremes faciais não substitui o Botox. (Foto: divulgação)

O uso do Botox é cada vez mais comum, pois além do preço desse tipo de tratamento estético estar mais acessível, os resultados são rápidos e a aplicação é muito simples de ser realizada. Existem vários mitos a respeito do assunto e, na dúvida, uma consulta com dermatologista é indicada para resolver todos os problemas.

Leia Também:  Massagem estética - conheça os benefícios

Top