Bota e Fla empatam no Engenhão e estacionam na tabela de classificação

Time alvinegro foi um pouco melhor no duelo e parou nas mãos de Felipe. Mengo arranca empate graças a Jael, mas segue sem vencer há nove rodadas

Jael, o Cruel, entrou no intervalo para salvar o Flamengo da derrota

O empate em 1 a 1 frustrou botafoguenses e flamenguistas no clássico disputado no Engenhão, neste domingo, que teve o Fogão um pouco superior no duelo.

Com o resultado, o Botafogo permanece na quarta colocação, com 41 pontos e continua distante do líder Vasco, que tem 45. Pelos lados do Flamengo, o pontinho mantém o time na sétima posição, com 37 pontos, mas não acaba com o incômodo jejum de nove partidas sem vitória.

O duelo

O jogo no Engenhão começou equilibrado com as duas equipes buscando o gol logo de cara. Nos dez primeiros minutos, os times já haviam criado três chances de gol. Aos três minutos, o Flamengo teve a primeira oportunidade de gol com Deivid.

Aos cinco minutos, foi a vez do Fogão assustar. O meia Felipe Menezes bateu falta e o goleirão Felipe fez ótima defesa. Já aos nove minutos, o Flamengo respondeu novamente com Deivid, desta vez com cabeçada sobre o gol, após cruzamento de Júnior César.

Depois disso, o Botafogo tomou conta da partida e criou boas oportunidades para abrir o placar. Primeiro foi Herrera, que emendou uma bicicleta da entrada da área e obrigou Felipe a salvar o Mengão.

Aos 15 minutos, o Fogão ameaçou com Maicosuel. O meia dominou dentro da área e encheu o pé, mas Felipe espalmou para escanteio.

Melhor na partida, o Botafogo abusava da velocidade e da eficiência na troca de passes para envolver o sistema defensivo do Mengão. E o gol não demorou a sair. Aos 25 minutos, Lucas foi até a linha de fundo e cruzou para Loco Abreu subir mais que os zagueiros e testar com força, sem chances para Felipe. 1 a 0 Fogão.

Depois do gol, o Botafogo diminuiu um pouco o ritmo e o Flamengo passou a incomodar mais. O problema é que o time rubro-negro pecava na hora das finalizações. Antes do fim do primeiro tempo, o time da estrela solitária ainda teve boa oportunidade para ampliar o marcador aos 39. Maicosuel dominou a bola e bateu para mais uma boa defesa de Felipe.

Leia Também:  Seleção sub-20 representará o futebol brasileiro no Pan-Americano de Guadalajara

Mengão empata logo no começo

O Flamengo voltou para o segundo tempo a mil por hora. Logo aos quatro minutos, Jael, que entrara no intervalo no lugar de Deivid, recebeu na entrada da área, driblou dois jogadores botafoguenses e finalizou com extrema categoria no ângulo do gol de Jefferon.

O gol de empate animou o Flamengo, que foi para cima em busca da virada. Ronaldinho Gaúcho, até então, sumido em campo, passou a participar mais das jogadas ofensivas do time rubro-negro e dava trabalho aos zagueiros botafoguenses. Aos 15 minutos, o camisa 10 do Flamengo bateu falta para defesa segura de Jefferson.

A partir daí, a partida ficou lá e cá. Aos 17, o alvinegro respondeu com Loco Abreu. Cortês cruzou rasteiro e o atacante uruguaio bateu de primeira por cima do gol.

O contragolpe do Flamengo veio aos 23. Ronaldinho Gaúcho levantou a bola na área e na sobra Renato Abreu bateu para boa defesa de Jefferson.

Tanto o Flamengo quanto o Botafogo diminuíram o ritmo e passaram a se preocupar mais em não tomar o gol do que em decidir o duelo. Aos 39 minutos, o Botafogo ameaçou pela última vez. Fábio Ferreira cabeceou e o paredão Felipe garantiu o empate para o Mengo com mais uma ótima defesa.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO: Jefferson; Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Cortês; Marcelo Mattos, Renato, Maicosuel (Cidinho) e Felipe Menezes (Lucas Zen); Herrera (Everton) e Loco Abreu. Técnico: Caio Junior.

FLAMENGO: Felipe; Léo Moura, Alex Silva, Welinton e Junior Cesar; Aírton (Maldonado), Willians, Renato e Thiago Neves; Ronaldinho e Deivid (Jael). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

 Renda/Público: R$ 600.495/20.805 pagantes

Árbitro: Péricles Bassols (RJ)

Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e Rodrigo Pereira Joia (RJ)

Cartões amarelos: Renato (BOT); Alex Silva, Airton, Renato (FLA)

Leia Também:  Inter desembolsa R$ 1,4 milhões e antecipa chegada de Dagoberto ao Beira-Rio

GOLS: Herrera, 25’/1ºT (1-0); Jael, 4’/2ºT (1-1)

Top