Borges já é um dos atletas com maior média de gols na história do Santos

Artilheiro do nacional, atacante ostenta a alta média de 0,84 gols por partida com a camisa do Peixe Maior goleador do Campeonato Brasileiro até…

Artilheiro do nacional, atacante ostenta a alta média de 0,84 gols por partida com a camisa do Peixe

Maior goleador do Campeonato Brasileiro até o momento, com 16 gols em 19 partidas, Borges tem feito o torcedor do Santos regredir no tempo e se lembrar de grandes artilheiros do passado, como Pelé , Araken e Feitiço. De acordo com a assessoria de imprensa do Santos, o artilheiro do Brasileirão 2011 é o atleta santista com a maior média de gols após a Era Pelé: 0,84 gols por jogo. Em média de gols, na história ele fica atrás apenas dos ídolos Feitiço (1,43 gol por partida), Pelé (0,98) e Araken (0,92).

Neste Brasileirão, Borges fez mais da metade dos 29 gols do Santos no torneio. Os números do centroavante são tão positivos, que ele ofusca até mesmo a estrela do craque Neymar, autor de apenas quatro gols em 11 partidas no campeonato.

Em entrevista ao site oficial do Santos, o atacante revelou o que tem contribuído para que ele viva uma fase tão positiva. “Estou muito feliz, vivendo um momento ótimo dentro de campo, que tem muito a ver com o momento que estou tendo fora dos gramados. Espero continuar assim. Mas o sucesso não é só meu. Quero agradecer meus companheiros, a comissão técnica, todo mundo que acreditou em mim. O sucesso é de todo o elenco”, disse Borges.

Com boa presença de área e excelente finalização, o centroavante do Peixe, que já havia se destacado também com a camisa do rival São Paulo no Campeonato Brasileiro de 2008 ao marcar 16 gols, impressiona não só pelos números, mas também pelo vasto repertório na hora de balançar as redes.

Leia Também:  Santos anuncia “retorno” de Pelé para comemorar o centenário

Dos 16 gols que já anotou com a camisa do Santos no Brasileirão, Borges marcou oito com a perna direita, quatro de cabeça, três com a perna esquerda e um de pênalti, números que mostram como o goleador santista sabe ser letal quando está na frente do gol.

Top