Isabella Moretti 30/09/2013 Bem Estar

Borderline é uma doença psicológica na qual o indivíduo vive sempre no limite entre a normalidade e os surtos psicóticos. O problema de saúde mental também é chamado de transtorno de personalidade Limítrofe.

Dos pacientes diagnosticados com borderline, 75% são mulheres. (Foto:Divulgação)

O termo “borderline” foi escolhido para nomear a doença por causa de uma classificação feita por Adolph Stern, que descreveu o transtorno em 1930. No entanto, o uso do termo é contestado até hoje.

Dos pacientes diagnosticados com borderline, 75% são mulheres. O border vive no extremo de suas emoções e sofre com uma hiperatividade do sistema límbico.

Sintomas da síndrome de borderline

Diversos sintomas caracterizam a síndrome de borderline, como humor instável, automutilação, insegurança, hipersensibilidade, problemas de identidade e impulsividade. A pessoa que sofre com o problema também costuma ser chantagista, intolerante, manipuladora e briguenta. Na maioria dos casos, há uma forte tendência suicida.

As pessoas que sofrem de transtorno de personalidade Limítrofe (TPL) sentem dificuldades para lidar com as emoções. Os relacionamentos são intensos, mas confusos e desorganizados. Os pacientes diagnosticados com o transtorno costumam ter uma autoestima baixa e medo de abandono.

O transtorno faz com que a pessoa viva no extremo das emoções. (Foto:Divulgação)

A TPL nem sempre é reconhecida com facilidade. Ela normalmente é confundida com outros problemas mentais, como depressão, transtorno bipolar e psicopatia.

O portador da síndrome de borderline sofre diferentes prejuízos ao longo de sua vida, tanto no contexto familiar, como social e no trabalho. O descontrole emocional pode levar a comportamentos de risco, como uso de drogas.

A maioria dos estudos a respeito da personalidade borderline mostrou que a causa da doença costuma estar associada a uma infância traumática, com abusos, violência e famílias desestruturadas. Alguns pesquisadores também apontam predisposição genética.

Os sintomas do TPL podem demorar um pouco para se manifestar, mas ficam evidentes no final da adolescência e início da vida adulta.

Como tratar borderline?

Medicação e terapia compõem o tratamento. (Foto:Divulgação)

A personalidade borderline pode ser tratada. Após o diagnóstico, o psiquiatra receita medicamentos para controlar os sintomas. A combinação de antidepressivos, estabilizadores de humor e tranquilizantes costuma deixar o paciente mais calmo e fácil de conviver.

Além da medicação, o tratamento contra TPL também requer acompanhamento psicológico com um terapeuta. É somente através da psicoterapia que o paciente aprende a lidar com as suas emoções.

Outros artigos

Lugares Para Fazer Trilha de Bike Dicas

13/07/2011

Lugares Para Fazer Trilha de Bike Dicas

  Lugares Para Fazer Trilha de Bike Dicas: Muitas pessoas preferem esportes como o Ciclismo, sendo que algumas modalidades do Ciclismo são referentes as ...

Saiba Como Adaptar a Casa Para Idosos

05/09/2011

Saiba Como Adaptar a Casa Para Idosos

Os idosos necessitam de cuidados especiais, inclusive no que diz respeito à decoração da casa. Em alguns casos é necessário fazer adaptações para deixar o ambien...