Isabella Moretti 23/03/2012 Educação

Professores da rede pública de SP receberão bônus na próxima sexta.

O estado de São Paulo tem desenvolvido um projeto na área da educação com o objetivo de proporcionar bônus aos professores da Rede Pública. A iniciativa visa beneficiar os profissionais que demonstrarem melhor desempenho nas escolas, gerando um leve aumento na remuneração.

O valor do bônus pago pela Secretaria Estadual da Educação é estabelecido de acordo com o Idesp (Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo). Segundo uma declaração do governador Geraldo Alckmin, neste ano de 2012 os professores receberão o dinheiro extra no dia 30 de março.

A bonificação será destinada apenas aos docentes, diretores e outros funcionários das escolas que cumprirem com a meta proposta. A Secretaria vai considerar a frequência do servidor no ano anterior para que o pagamento do bônus seja feito por mérito. Outra exigência do projeto é que o profissional trabalhe o período correspondente a dois terços do ano sem interrupções para conseguir faturar o bônus.

Cerca de 200 mil professores receberão o Bônus da Educação em SP 2012.

Nas escolas cuja meta foi totalmente atingida, a equipe de profissionais receberá a bonificação do estado. No caso de meta cumprida de forma parcial, cada servidor recebe apenas 50% do valor do bônus.

Estima-se que 200 mil professores receberão o Bônus da Educação em SP 2012. A bonificação do docente será calculada de acordo com o ciclo de ensino e terá descontos no caso de faltas. O valor da bonificação só não será reduzido em casos de licença maternidade, adoção ou paternidade.

No total, o estado espera conceder o benefício para 260 mil profissionais que atuam na área da educação, superando o número de bonificações concedidas no ano passado, que foi de 190 mil.

Entenda o Bônus da Educação

O bônus depende do desempenho da escola com relação a meta e também leva em conta a frequência no trabalho.

Para fazer o cálculo do índice de cada escola estadual, o Idesp considera vários fatores, como repetência, taxas de aprovação, evasão e a nota dos estudantes no Saresp (Sistema de Avaliação do Rendimento do Estado de São Paulo).

Em 2011, o estado reduziu à metade bônus de professores, levando em consideração os 190 mil funcionários de 3.778 instituições públicas de ensino. O valor pago totalizou R$ 340 milhões, sendo bruscamente inferior ao investimento de 2010, que foi correspondente à R$ 655 milhões.

O número de servidores beneficiados foi reduzido por causa das notas ruins dos estudantes no Saresp e também devido à rotatividade dos docentes. O sistema de avaliação, que será usado em 2012 para nortear o bônus das escolas, mostra através dos seus resultados que o desempenho da rede estadual melhorou.

Outros artigos

Lançamento do álbum Agridoce da Pitty

08/11/2011

Lançamento do álbum Agridoce da Pitty

A carreira da cantora Pitty ganhou novos ares desde o ano passado, por conta de um projeto solo com o guitarrista de sua banda, o Martin, paralelo a banda. O pro...

Cortes indicados para rosto alongado

31/05/2013

Cortes indicados para rosto alongado

Escolher o melhor corte de cabelo, nem sempre é uma tarefa simples. Ao escolher um novo corte é preciso levar em conta a forma do rosto para obter o visual que mais ...

Teorias da conspiração envolvendo desenhos

18/05/2013

Teorias da conspiração envolvendo desenhos

As teorias da conspiração sem dúvidas estão por todas as partes. Seja na música, nos filmes, nas mensagens subliminares de artistas, etc., muitos são os motivos que ...