Bolsas de estudo para pesquisadores e professores na Colômbia

A Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) está selecionando docentes e pesquisadores para um programa de cooperação internacional com a Colômbia.…

A Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) está selecionando docentes e pesquisadores para um programa de cooperação internacional com a Colômbia.

Pesquisadores e docentes poderão aprimorar os conhecimentos na Colômbia. (Foto:Divulgação)

O principal objetivo do programa cooperação internacional Capes/Colciências Colômbia é estimular o intercâmbio de brasileiros e colombianos que estejam realizando algum curso de pós-graduação de instituições de ensino superior. Outra intenção da iniciativa é promover a formação de recursos de alto nível nos dois países, valorizando diferentes áreas do conhecimento.

Como funciona a bolsa de estudo na Colômbia?

A CAPES vai financiar bolsa de estudo, diárias, passagens aéreas, seguro saúde e auxílio instalação para as missões aprovadas pelo programa. Além disso, cada projeto receberá recursos de custeio no valor de até 10 mil reais.

Na Missão de Trabalho, a viagem dura de 7 a 15 dias, tendo como objetivo realizar atividades de intercâmbio de pesquisa. Já a Missão de Estudo oferece bolsas nas modalidades de Doutorado-Sanduíche e Pós-Doutorado para que o profissional desenvolva atividades acadêmicas em até seis meses.

O programa está disponível em dois tipos: Missão de Trabalho e Missão de Estudo. (Foto:Divulgação)

O candidato brasileiro selecionado para o programa da Capes deverá assinar um Termo de Compromisso, no qual afirma que vai se dedicar integralmente às atividades, encaminhar relatórios e retornar ao Brasil na data prevista.

Inscrições para bolsas de estudo na Colômbia

Os interessados em conquistar uma bolsa de estudo na Colômbia devem se inscrever até o dia 20 de setembro de 2013. A inscrição é gratuita, requer o preenchimento de formulários, o envio dos documentos e das cartas de referência.

No ato da inscrição, o candidato precisa fornecer detalhes sobre o seu projeto, como fundamentação teórica, objetivo, metodologia, cronograma, entre outras informações importantes.

As inscrições permanecem abertas até o dia 20 de setembro. (Foto:Divulgação)

Em outubro acontecerá à avaliação das propostas inscritas. Em novembro, está prevista uma reunião conjunta e a divulgação do resultado final. As atividades dos pesquisadores e docentes selecionados terá início em janeiro de 2014, juntamente com a liberação dos recursos.

Leia Também:  As 10 universidades mais cobiçadas do mundo

O processo seletivo dos candidatos se desenvolverá em quatro etapas: análise documental, análise de mérito científico da candidatura, priorização do Grupo Assessor Especial da Diretoria de Relações Internacionais e reunião conjunta dos colaboradores da CAPES e do COLCIÊNCIAS. Serão escolhidos 5 projetos de pesquisa para receber apoio.

Para mais informações, leia o edital ou entre em contato pelo e-mail [email protected]

Top