Bolsa Família 2017: como atualizar seus dados

Bolsa Família 2017: como atualizar seus dados? Se você é beneficiário do principal programa de transferência de renda do governo federal, precisa ficar atento ao recadastramento realizado de tempos em tempos, para continuar a receber o benefício.

Bolsa Família 2017: como atualizar seus dados (Foto: Reprodução Portal Brasil)

Bolsa Família 2017: como atualizar seus dados (Foto: Reprodução Portal Brasil)

Lançado em 2003, o Bolsa Família atende, atualmente, a mais de 13 milhões de famílias que vivem em situação de pobreza ou de extrema pobreza, em todo o Brasil, com o objetivo de garantir que elas tenham o direito à alimentação e o acesso à saúde e educação.

Os valores de distribuição podem variar do valor básico de R$85, incremento de R$39 e uma variável de R$39 para crianças de até 15 anos. Há um acréscimo de valor para famílias com adolescentes entre 16 até 17 anos de R$46, além disso, o máximo é de até 2 pagamentos para cada família.

Ele visa em focar a distribuição de renda e melhorar a economia em todo o país, é necessário que as famílias estejam dentro de alguns pré requisitos, como por exemplo, ter filhos entre 0 até 17 anos que estejam comparecendo à escola constantemente, ou gestantes na família.

Para garantir que as pessoas mais necessitadas possam ser realmente beneficiadas, os responsáveis pelo programa social do governo realizam o cruzamento de dados dos participantes do programa a cada ano, e quando é encontrada alguma informação conflitante, o cidadão é convocado para regularizar a sua situação.

É importante você saber exatamente como conseguir atualizar o se cadastro, isso porque isso é essencial para que continue recebendo o benefício social durante algum tempo.

Bolsa Família 2017: como atualizar seus dados

As famílias precisam atualizar as informações sobre a saúde das crianças, para continuar a receber o benefício (Foto Ilustrativa)

As famílias precisam atualizar as informações sobre a saúde das crianças, para continuar a receber o benefício (Foto Ilustrativa)

Além disso, a atualização de dados do Bolsa Família também costuma ser feita a cada dois anos, para que o beneficiário preste as informações referentes à saúde, educação e quantidade de integrantes da família. Geralmente é feito a cada dois anos pelo Ministério do Desenvolvimento Social, para que seja constatado realmente os beneficiários do programa, isso para que continuem recebendo os benefícios e evitando que aconteça um gasto maior do que o previsto pelo governo.

Todo ano o Governo Federal faz o fechamento dos dados e bases, para que dessa maneira seja possível constatar se há alguma diferença ou discrepância com os dados apresentados para cada pessoa, principalmente quando novos cadastros são realizados. O processo é conhecido como averiguação cadastral, realizada periodicamente a cada dois anos.

Como fazer o recadastramento Bolsa Família 2017? Se no comprovante de pagamento do benefício, recebido após o saque, houver algum lembrete sobre “Averiguação” ou “Revisão Cadastral”, você precisa atualizar seus dados. O mesmo vale para quem recebeu correspondência do governo federal, solicitando a atualização, e para aqueles que se recadastraram há mais de dois anos.

Se você está em uma dessas condições, basta comparecer ao setor responsável pelo Bolsa Família em sua cidade (procure a Prefeitura ou o CRAS mais próximo), levando os documentos, para efetuar a revisão cadastral Bolsa Família 2017.

O prazo varia de acordo com a situação do beneficiário, por isso recomenda-se procurar o programa o mais rápido possível, se você precisar atualizar os dados. Em caso de dúvidas, entre em contato com a Caixa, pelo telefone 0800-726-0207.

É necessário ir até o local do órgão responsável do cadastro das famílias de cada município, dessa maneira todos os documentos precisam ser levados, como se fosse o primeiro cadastro. Em alguns casos o assistente vai solicitar mais documentos, sempre de modo a comprovar a renda do beneficiário.

Caso não atualize o seu cadastro no bolsa família quando requisitado, você terá o bloqueio do seu benefício, não conseguindo assim receber as próximas parcelas até que a situação seja normalizada.

Atualização de dados Bolsa Família documentos

Também é preciso atualizar as informações sobre a educação infantil (Foto Ilustrativa)

Também é preciso atualizar as informações sobre a educação infantil (Foto Ilustrativa)

Os documentos para atualizar Bolsa Família são:

  • Documento de identificação (RG, certidão de nascimento, carteira de trabalho, etc) de todos os membros da família cadastrados.
  • Certidão de casamento (se for o caso).
  • CPF ou título de eleitor do responsável por receber o benefício.
  • Comprovante de residência atualizado.
  • Declaração escolar das crianças cadastradas.
  • Cartão de vacina das crianças.

Quando a atualização do cadastro for necessária, a família vai ser informada por meio de uma carta para o Ministério do Desenvolvimento Social, além do extrato que também é emitido pelo beneficiário. É importante saber que essa averiguação cadastral acontece também em outros programas sociais, portanto, fique atento para que continue recebendo o benefício normalmente na sua casa.

Bolsa Família bloqueado ou cancelado

Mais de 13 milhões de famílias são beneficiadas atualmente pelo programa (Foto: Reprodução Portal Brasil)

Mais de 13 milhões de famílias são beneficiadas atualmente pelo programa (Foto: Reprodução Portal Brasil)

Como os beneficiários precisam cumprir alguns requisitos para continuar a receber o dinheiro do projeto, quem deixa de fazer a atualização dentro do prazo pode acabar tendo o Bolsa Família bloqueado ou até mesmo cancelado.

Para evitar esses problemas, mantenha sempre em dia a sua atualização cadastral Bolsa Família. A revisão acontece pelo período de até 16 dias posteriores, caso contrário, o benefício será bloqueado até que seja regularizado.

Leia mais sobre esse e outros assuntos navegando pelo Mundo das Tribos.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Reply