Bicicleta ergométrica e bicicleta comum: qual é melhor

Por conta do medo ou da preguiça de sair de casa, muitas pessoas trocam as pedaladas ao ar livre por uma bicicleta ergométrica. Porém,…

Por Editorial MDT em 19/12/2012

Por conta do medo ou da preguiça de sair de casa, muitas pessoas trocam as pedaladas ao ar livre por uma bicicleta ergométrica. Porém, as diferenças entre uma bike comum e uma ergométrica não se restringe somente no vento batendo no rosto. Do preparo físico aos resultados a serem obtidos, existe muita diferença. Saiba mais sobre o assunto e veja qual é a melhor, bicicleta ergométrica ou bicicleta comum.

A bicicleta ergométrica oferece benefícios diferentes da bicicleta comum. (Foto: divulgação)

 

Benefícios da bicicleta ergométrica

A bicicleta ergométrica permite um trabalho realizado em diferentes intensidades (permitindo diferentes níveis de peso e também de velocidade) o que aumenta a queima de calorias, consequentemente, a gordura é usada como combustível para o corpo. Além disso, você ganha resistência, força nos membros inferiores, definição corporal e um bom padrão de sono.

Quando a intenção é perder peso ou ganhar músculos nas pernas, existe muita diferença entre a bicicleta comum e a ergométrica. Os dois exercícios são ótimos, porém oferecem benefícios diferentes. Segundo especialistas, ter conhecimento sobre esse assunto faz que o abandono e a desmotivação sejam evitados.

A bicicleta ergométrica oferece diferentes cargas e velocidade. (Foto: divulgação)

Veja também benefícios das aulas de spinning 

Bicicleta ergométrica e bicicleta comum

1. Mobilidade: no que diz respeito a mobilidade a bicicleta comum é mais atrativa. É possível combinar um exercício físico e transporte, aumentando o ritmo das pedaladas;

2. Tombos: o medo dos tombos faz que muitos adultos não consigam andar de bicicleta comum. Sendo assim, uma boa opção são as bicicletas ergométricas. Para muitas pessoas esse modelo de bicicleta serve com uma superação, já que possuem dificuldades com equilíbrio;

3. Lesões: o risco de lesões está presente nos dois tipos de bicicleta. Em ambos, é necessário um bom alongamento antes do treino para evitar problemas. No caso das bicicletas ergométricas, o controle do peso é essencial para evitar lesões nos joelhos e coluna;

4. Rotina: a bicicleta comum possibilita o encontro com pessoas diferentes e paisagens muito agradáveis, principalmente após um dia inteiro trancado em um escritório. Além de oferecer um sentimento de liberdade, o vento facilita a inspiração do ar;

5. Novas amizades: durante as pedaladas nas bicicletas ergométricas das academias é comum fazer novos amigos. Porém os grupos de ciclismo também incentivam a busca de novas amizades;

6. Conforto e dificuldades: a resistência exercida pela bicicleta comum é resultado entre a combinação de atrito, condições do terreno e influência do peso do praticante. Já na bicicleta ergométrica a dificuldade é controlada no peso da carga e de acordo com os objetivos, emagrecer ou ganhar músculos;

7. Gasto de energia: a diferença entre o gasto de energia de uma bicicleta comum e uma ergométrica pode ser de 50%. Para uma pessoa de 70 quilos pedalar por 30 minutos em uma bicicleta comum, o gasto calórico é de aproximadamente 310 calorias. Para essa mesma pessoa na bicicleta ergométrica, o gasto no mesmo período é de aproximadamente 180 calorias.

A bicicleta comum oferece muitos benefícios para a saúde. (Foto: divulgação)

Veja também esteira ergométrica, preços onde comprar

A bicicleta ergométrica e a bicicleta comum oferecem vários benefícios a saúde dos praticantes. O ideal é optar por aquela que mais lhe agrade e ofereça os resultados esperados, seja perder peso ou ganhar massa muscular. Para saber mais informações procure um educador físico para obter maiores orientações sobre os benefícios de cada tipo de exercício.

 

Top