Berços: dicas para escolher

Os momentos de escolha dos móveis que irão decorar o quarto do bebê são muito prazerosos. Os pais ficam radiantes e querem que todos…

Os momentos de escolha dos móveis que irão decorar o quarto do bebê são muito prazerosos. Os pais ficam radiantes e querem que todos os detalhes sejam perfeitos. É claro que todos sabem que, para escolher o berço do bebê, não basta ter bom gosto. É imprescindível que os pais deem prioridade aos modelos mais seguros do mercado. Felizmente, hoje existem incontáveis modelos de berços lindos e adequados. No entanto, não são todos os fabricantes que se comprometem com a segurança de seus consumidores. Portanto, é preciso estar atento à qualidade do produto escolhido e às medidas utilizadas em sua fabricação.

Atenção à largura, entre as grades, para que o bebê não prenda a cabeça (Foto: Divulgação)

É importante informar que, a partir do próximo mês de dezembro, todos os berços deverão conter o selo do Inmetro, que atesta a fabricação dos produtos, segundo normas de qualidade e segurança. Mesmo assim, existem alguns fabricantes que se comprometem a seguir tais normas. Se a compra do móvel for posterior a esta data, a dica é que os pais procurem por berços atestados pelo Inmetro. Veja alguns dos principais pontos a serem observados, na hora da compra.

Tamanho do berço

Ao todo, o berço deverá medir em torno de 1,50m de comprimento e 80cm de largura. Já na parte interna do móvel, as medidas costumam ser de 1,30m (na parte onde será colocado o colchão) e 70cm de largura. Se o quarto para a criança tem espaço limitado, vale a pena investir nos berços de padrão nacional, que medem um pouco menos (1,30m x 60cm).

Outras medidas e detalhes do berço

A altura deve ser de 60cm, para que a criança não pule do berço (Foto: Divulgação)

As grades laterais do berço precisam ter espaços com, no máximo, 6,5cm de largura. A intenção é evitar que o bebê enrosque a cabecinha, entre elas. Mais uma medida a ser observada é a do espaço entre o estrado e as laterais do móvel, que não deve ultrapassar 2,5cm. Assim, a criança não enroscará seus bracinhos ou pernas, no local. Outra dica para escolher o berço é estar atento à altura do estrado e da lateral deste, a fim de evitar que o bebê pule para fora, quando estiver maiorzinho. Esta deve ser de 60cm.

Assim, o sono do bebê e dos pais será mais tranquilo (Foto: Divulgação)

Para evitar que o bebê se machuque, também é útil optar por modelos de berço que tenham todos os contornos arredondados. Quinas podem ferir a criança. Outro detalhe diz respeito aos parafusos e outras peças, presentes no móvel. É muito importante que os pais observem se estas estão bem posicionadas e firmes; assim, evita-se que o pequeno engula tais objetos.

Leia Também:  Decoração divertida para quarto de crianças

Para finalizar, ao escolher um berço, certifique-se de que este tenha regulagem ideal, para que o estrado possa ser deslocado, conforme a criança crescer.

Saiba outras dicas para escolher o berço: Berço para bebê: como escolher, cuidados

Veja modelos de berços desmontáveis: Berço Desmontável: Fotos, Onde Comprar

 

 

Top