Benefícios do óleo de coco para cães

O óleo de coco é um componente que ajuda a emagrecer, faz bem para o cabelo e aumenta a concentração de colesterol bom no…

Por Isabella Moretti em 20/09/2013

O óleo de coco é um componente que ajuda a emagrecer, faz bem para o cabelo e aumenta a concentração de colesterol bom no organismo. Algumas pesquisas também mostram que o óleo atua na prevenção de doenças, pois melhora a absorção de nutrientes e contribui com o sistema imunológico.

O óleo de coco faz bem para os pets. (Foto:Divulgação)

Os benefícios do óleo de coco não se restringem apenas aos humanos. A substância também faz bem para os animais, como é o caso do cachorro.

Óleo de coco faz bem para o pet

O óleo de coco tem diversas finalidades no uso veterinário. A aplicação ajuda a aliviar as áreas ressecadas do corpo do cão, como os calos de apoio, o focinho e as patas. Com esta proteção, dificilmente a pele vai rachar ou sangrar.

Os veterinários também recomendam o consumo de óleo de coco como um suplemento interno. A fórmula é rica em propriedades anti-sépticas e antifúngicas, o que ajuda a manter o sistema digestivo do animal mais saudável.

A gordura do coco pode ser usada no tratamento de micoses e também na cicatrização de feridas, afinal, sua composição é antibacteriana e antiviral. O ácido láurico do coco, quando entra em contato com a ferida do pet, diminui a irritação e mata as principais bactérias.

O óleo pode servir de suplemento para o cão. (Foto:Divulgação)

Como dar óleo de coco ao cão?

O cachorro com até 10 quilos deve tomar uma colher de chá de óleo de coco por dia. Se o animal pesa até 25 quilos, a dose aumenta para uma colher de sobremesa. Por fim, o cão com mais de 25 quilos deve ingerir uma colher de sopa do óleo ‘milagroso’.

Se o animal não quiser ingerir o óleo de coco, é recomendado misturar a substância a outro alimento.

O consumo do óleo na forma de suplemento é eficaz para a saúde canina. No entanto, se o pet tiver diarreia, o consumo da substância deve ser evitado.

O óleo de coco combate o ressecamento. (Foto:Divulgação)

No caso de pele ressecada, a aplicação do óleo de coco deve ser realizada diariamente, junto com uma massagem. O produto deve agir por pelo menos seis horas antes do excesso ser removido.

Se o cão estiver sofrendo com algum tipo de micose, o óleo de coco pode ser de grande ajuda. Basta pingar algumas gotas do produto em um pedaço de algodão e passar na região lesionada, de preferência três vezes por dia. Para evitar que o animal lamba o óleo, é recomendado colocar o colar elisabetano.

O óleo de coco é um poderoso cicatrizante para as feridas de animais. Antes de aplicá-lo na lesão, é preciso limpar toda a área afetada e eliminar os riscos de infecção. A aplicação pode ser feita com o auxílio de um algodão ou cotonete. Por fim, basta enrolar a ferida com uma gaze esterilizada, que permita a circulação do ar.

Top