Benefícios das ervas para a saúde

Muitas pessoas são adeptas à medicina natural, aquela que trabalha com o poder medicinal das plantas. Realmente muita erva auxiliam e às vezes até…

Muitas pessoas são adeptas à medicina natural, aquela que trabalha com o poder medicinal das plantas. Realmente muita erva auxiliam e às vezes até curam alguns problemas de saúde, mas o que deve ter cuidado é como utilizá-las, pois muitas misturas de ervas podem ocasionar em algum agravo à saúde. Para tanto vamos ajudar a entender melhor os benefícios de algumas ervas que estão sempre no cotidiano da população.

Essa tradição de fazer uso das plantas já vem de muitos anos atrás, às vezes passando das avós, para as mães e assim por diante, mas é importante se conhecer qual é a sua utilidade e se tem algum efeito colateral para só assim poder usar despreocupada.

Então vamos começar com uma erva muito conhecida o alecrim, marcada pelo seu aroma forte e muito agradável, utilizam-se dessa planta para as doenças nos rins, calculoses, vômitos, vertigens e tonturas, indigestões, anemia, reumatismo, diarréia, sistema imunitário, epilepsia, vesícula, cansaço, memória, entre outros. E no uso popular aplica o alecrim como alívio infalível para curar anemia então vai à receita: colher um ramo de alecrim, adicionar a um copo de água (cerca de 200 ml) e deixar ferver durante 5 a 10 minutos, em fogo baixo. Deixe descansar por 10 minutos, coar e beber meia xícara sempre as manhãs, em jejum, conservando na geladeira.

Este tratamento deve ser repito por 5 vezes (cerca de 1 litro de chá) para obter o resultado, já fica aí uma dicas de ervas para o tratamento de anemia.
A erva cidreira é usada por muitas pessoas, o ideal para o preparo do chá de erva cidreira é usar as folhas verdes, pois, as secas não oferecem o mesmo resultado. Além também de usar a erva em saquinhos, pois não altera sua função.

Continuar Lendo  Acne hormonal: conheça sintomas e como tratar

Tem como indicações ervas terapêuticas de regular menstruação, cólicas, têm finalidade tônica no útero e, às vezes, pode auxiliar em casos de esterilidade, insônia nervosa, problemas gastrintestinais funcionais, herpes simplex, lava feridas, combate mau hálito, revigora em banhos, viu em quantos problemas pode usar a erva cidreira.

O eucalipto atua principalmente no trato respiratório, têm evidenciado possuir, tanto por via oral quanto inalatória, atividade expectorante, fluidificante e anti-séptica da secreção bronquial, sendo assim útil para diversas enfermidades como asma, asma cardíaca, afecções catarrais, adenites, coqueluche, coriza, cistite, catarro da bexiga, disenteria, diabetes, febres, gripes, leucorréia, maleita, nefrite, rinite e tuberculose.

O chá deve ser preparado da seguinte forma, colocar uma colher das de sopa de folhas picadas em uma xícara das de chá, adicionar água fervente, tampar e deixar amornar até chegar à temperatura apropriada para beber, lembrando de coar, Tomar duas ou três xícaras de chá ao dia. Pode ser ingerido com gotas de limão e adoçado com mel. Repetir o tratamento durante o tempo necessário à cura, quando se trata de uma gripe.

O chá mate é bastante usado pelas pessoas, mas será que quem faz o uso sabe qual é o seu efeito na saúde? A erva mate contém substâncias bioativas, as quais têm recebido especial atenção da comunidade científica. Cafeína, ácidos fenólicos e flavonóides são as principais substâncias encontradas nesse produto.

O consumo da erva mate pode adicionar importantes substâncias antioxidantes à alimentação humana, as quais podem representar uma nova abordagem na inibição dos danos provocados pelo excesso de radicais livres. Agora podemos tomar chá mate tranqüilos afinal atuar em radical livre nada melhor para nossa saúde.

Continuar Lendo  Drogasil SP

Então após está explanação sobre algumas se pode concluir que as ervas tem poder benéfico sobre nossa saúde desde que sejam usadas de maneira correta e que também não seja feito um mix, pois o efeito de uma não é o mesmo para outra.

Top