Azeite – Qual Melhor Opção

Este produto que é obtido por meio da prensa das azeitonas e que passa, ainda pelos processos descritos logo abaixo, contém grande concentração de…

Por Redacao em 28/03/2011

Este produto que é obtido por meio da prensa das azeitonas e que passa, ainda pelos processos descritos logo abaixo, contém grande concentração de antioxidantes, como a vitamina E, e além disso, o mesmo é pobre em ácidos gordos saturados. Todos esses benefícios conta a favor do organismo, fazendo com que este fique mais protegido contra certas doenças, como por exemplo as doenças cardiovasculares.

Etapas necessárias para conseguir o azeite:

Lavagem

Moagem

Prensa fria

Centrifugação

O azeite tem se destacado cada vez mais por causa de suas propriedades nutritivas e benéficas ao organismo, o que motiva muitos estudiosos a fazerem cada vez mais, pesquisas sobre este produto.

Pessoas que sofrem com colestorol também pode se beneficiar com o uso do azeite, visto auxilia a dissolver os depósitos de colesterol.

As pessoas estão tendo cada vez mais conhecimento sobre os benefícios desse produto, tanto é que o azeite de oliva, vem se tornando popular na hora dos preparos das refeições diárias de grande parte delas. Com isso, porém, surge a dúvida quanto a melhor opção, assim, é importante encontrar a resposta para o esclarecimento dessa dúvida. Então na hora de escolher tem-se duas opções:

Azeite virgem

Azeite extravirgem.

A azeitona, de onde se extrai o produto, quanto maior for sua preservação mais virgem será o azeite e terá reduzido sua acidez, que em geral é de 0.3%, sendo considerado o melhor.

Antes de escolher o consumidor deve observar a data de validade e a cor da embalagem, por conta do tempo que está exposto, principalmente em embalagem transparente, que oxida o azeite, fazendo com que perca suas propriedades benéficas.

O azeite extravirgem é estraído por métodos físicos, não envolvendo procedimento químico, o nível de acidez é menor de 0,8% e possui boas taxas de antioxidante.

O azeite virgem, é extraido também por métodos físicos, porém sua acidez varia em 0.8% e 2%.

Outra dica é não colocar em alta temperatura o azeite extravirgem pois perde a qualidade, melhor consumí-lo em pratos frios ou mornos.

Portanto, esteja antento para escolher o melhor para preparar suas refeições.

 

Top