Auxílio-doença: como solicitar

O auxílio-doença é uma espécie de seguro previdenciário concedido aos trabalhadores brasileiros com carteira assinada. Para que o indivíduo tenha o direito de receber…

O auxílio-doença é uma espécie de seguro previdenciário concedido aos trabalhadores brasileiros com carteira assinada. Para que o indivíduo tenha o direito de receber o benefício, ele precisa apresentar uma incapacidade, comprovada através de um laudo médico.

O auxílio-doença ajuda o profissional que está afastado do emprego por motivos de saúde. (Foto:Divulgação)

Saiba mais sobre o auxílio-doença

A concessão do auxílio-doença acontece quando o segurado é impedido de trabalhar, em virtude de uma doença ou acidente por mais de 15 dias. O empregador tem o dever de se responsabilizar pelo pagamento do benefício durante a primeira quinzena do afastamento. A partir do 16º dia, a Previdência Social se responsabiliza pelo auxílio, arcando com a remuneração até quando perdurar a incapacidade.

A Previdência Social estabelece critérios para liberar ou não o auxílio-doença. Em primeiro lugar, o problema de saúde deve mesmo impedir o desempenho do trabalho e ser investigado por um médico-perito.

Para ter direito ao benefício, o trabalhador precisa contribuir com a Previdência Social por no mínimo um ano. Em alguns casos este prazo não é exigido, como o acidente por qualquer natureza, doença profissional e outras enfermidades graves.

O trabalhador precisa conseguir o laudo médico oficial do INSS. (Foto:Divulgação)

As doenças que concedem o auxílio-doença sem a necessidade de aguardar o prazo de 12 meses são: tuberculose ativa, hanseníase, alienação mental, neoplasia maligna, cegueira, paralisia irreversível e incapacitante, cardiopatia grave, doença de Parkinson, espondiloartrose anquilosante, nefropatia grave, doença de Paget em estágio avançado, Aids e hepatopatia grave.

O trabalhador que recebe o auxílio também é obrigado a realizar exames médicos periódicos.  Se o contribuinte é individual ou facultativo, a Previdência Social se responsabiliza pelo pagamento do benefício, durante o período integral de afastamento.

O trabalhador só pode retomar as suas atividades quando recuperar a capacidade para a sua função, desta forma ele para de receber a assistência previdenciária. Se a saúde não melhorar, então existe a possibilidade de dar entrada na documentação para a aposentadoria por invalidez.

Leia Também:  Transportadoras em Porto Alegre RS, Cargas

Como solicitar auxílio-doença?

É necessário apresentar uma série de documentos para conseguir o benefício. (Foto:Divulgação)

Confira a seguir o passo-a-passo para solicitar o auxílio-doença:

1. É necessário preencher um requerimento de agendamento do auxílio-doença. Esta medida pode ser adotada através do telefone 135 ou no site oficial da Previdência Social;

2. Na data marcada para o atendimento, o trabalhador deve levar os seguintes documentos: Número de Identificação do Trabalhador (PIS/PASEP), Atestado Médico, Exames de Laboratório, Atestado de Internação Hospitalar, Atestados de Tratamento Ambulatorial, Documento de Identificação, CPF. Dependendo do regime empregatício, o INSS pode solicitar outros tipos de documentação;

3. Após o atendimento, o trabalhador marca a perícia do INSS. No dia do exame, ele pode levar o seu médico. Em pouco tempo sairá o laudo médico oficial;

4. Se o laudo não reconhecer a necessidade de afastamento, o trabalhador pode pedir uma nova perícia, mas esta será mais burocrática.

Top