Aumento do IPTU em São Paulo

Na última terça-feira (29), a Câmara dos Vereadores de São Paulo aprovou o aumento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) na capital paulista.…

Na última terça-feira (29), a Câmara dos Vereadores de São Paulo aprovou o aumento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) na capital paulista. O projeto de lei autoriza o acrescimento de até 35% para os imóveis comerciais e 20% para os residenciais.

O IPTU pode aumentar em até 35%. (Foto:Divulgação)

IPTU em São Paulo vai ficar mais caro

Na câmara, 29 vereadores votaram a favor do aumento do IPTU em São Paulo. Já outros 26 foram contra ao projeto de lei. Os parlamentares também decidiram que, o aposentado, que recebe até três salários mínimos e tem uma casa, ficará isento do pagamento do importo.

A proposta de aumento do IPTU em São Paulo foi aprovada pelos vereadores, mas agora depende de uma sanção do prefeito Fernando Haddad.

Se a remuneração mensal do cidadão for de quatro a cinco salários mínimos, ele contará com um desconto de 50% no aumento do IPTU.

Nos próximos três anos, o limite de reajuste de IPTU será de até 15% para imóveis comerciais e 10% para residenciais. O valor final dependerá da Planta Genérica de Valores, que passa por uma revisão a cada quatro anos.

O projeto ainda precisa da sanção do prefeito Fernando Haddad. (Foto:Divulgação)

No próximo ano, o aumento médio do IPTU na capital paulista será de 14,1%. Quanto ao total de contribuintes isentos, ele permanecerá estável, ou seja, um milhão. Atualmente, a cidade de São Paulo conta com 3 milhões de pessoas que pagam impostos de suas casas.

As previsões de reajustes para os próximos anos, divulgadas pela Prefeitura de São Paulo, já levam em conta uma inflação de 6%. Se a porcentagem for inferior, consequentemente o aumento do IPTU também será abaixo da média.

As regiões mais afetadas pelo aumento do IPTU de São Paulo foram: Alto de Pinheiros, Sé e Vila Mariana. Outros distritos terão que pagar mais de 15% dos tributos, como é o caso da Lapa, Itaim Bibi, Liberdade, Morumbi, Jardim Paulista, Consolação, Ipiranga, Brás e Pinheiros.

Algumas áreas da capital paulista, por sua vez, serão beneficiadas com a redução do IPTU. Este é o caso dos distritos mais afastados, como Marsilac, Cidade Dutra, Parque Carmo, Jardim São Luís, Anhanguera, Itaquera, Cidade Líder e São Miguel.

Clique aqui e confira como ficará o aumento do IPTU 2014 por distrito.

Repercussão do aumento do IPTU

As pessoas estão protestando contra o aumento do imposto. (Foto:Divulgação)

Como já se esperava, a repercussão da alta dos impostos foi negativa. Na quinta-feira (31), 200 pessoas manifestaram contra o aumento do IPTU, chegando a bloquear os dois sentidos da Avenida Paulista. Os manifestantes se deslocaram também até o prédio do prefeito Fernando Haddad.

Algumas entidades, como é o caso da Associação Comercial de São Paulo, também fizeram críticas ao projeto de lei e encaminharam um ofício pedindo revisão.






Top