Aula Invertida: Como funciona este método do EAD

Aula Invertida: Como funciona este método do EAD

Aula Invertida: Como funciona este método do EAD? Para quem nunca escutou falar nada parecido sobre o assunto, saiba que essa estratégia vem sendo…

Por Élida Santos em 26/05/2015

Aula Invertida: Como funciona este método do EAD? Para quem nunca escutou falar nada parecido sobre o assunto, saiba que essa estratégia vem sendo cada vez mais difundida aqui no Brasil como sendo algo eficaz para estimular o aprendizado. Muitos métodos acabaram por modificar o papel do educador em sala aula sem perder a essência do que é os meio de aprendizado e a sua eficácia, por isso, vale muito a pena entender o que é a aula invertida.

Aula Invertida: Como funciona este método do EAD (Foto: Divulgação)

Leia mais informações sobre: Magistério a distância grátis

Aula Invertida: Como funciona este método do EAD

Aula Invertida: Como funciona este método do EAD? Para entender melhor com tudo isso funciona, entenda que esse método de fato atua com uma inversão nos meios como lidamos como os métodos de aprendizagem. Nesse procedimento a forma como o conteúdo é apresentado, as tarefas de fixação e tudo mais começa a ser aplicado por meio de vídeos e até a forma como o material é exposto vai mudar.

Veja como funciona esse método de educação á distância (Foto: Divulgação)

Pioneiro no método de sala de aula invertida

E quem resolveu inverter a técnica de aprendizado sem perder a eficiência de fato não sabemos, mas um dos primeiros a fazer isso foi Jon Bergmann, que vem aprimorando o método chamado em inglês flipped classroom. Ele deu aula de ciências por 24 anos, para middle e high school, outro nome dado para a técnica nos Estados Unidos.

Saiba mais informações sobre: Senai Rio vagas gratuitas de cursos a distância

 

Aula invertida ajuda de verdade quem está disposto a aprender (Foto: Divulgação)

Referência do método de Educação à Distância

Nos moldes da educação atual esse profissional é referência quando se fala no método de educação invertida. Além de trabalhar nessa técnica o profissional mantém uma ONG, junto a outros professores, que promove recursos e pesquisas sobre o assunto ligados a esse campo.

Grandes universidades o inspiraram

Bergmann explicou que resolveu investir na técnica depois de ver ela funcionando em diversas áreas de ensino, de grandes universidades como Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e Harvard a educação infantil. “No começo, achei que era melhor para disciplinas como matemática e ciências. Mas agora vejo exemplos de professores de artes, que mostram as técnicas através de vídeos, e depois realizam exercícios práticos em sala de aula. Até Educação Física já vi acontecer”, explicou.

Mídias sociais na sala de aula

Um dos diferenciais dessa técnica de ensino é o uso de mídias na sala de aula. Usando esses itens ele começou a ver que os alunos tinham uma maior motivação para começar a participar das aulas novamente. “Os alunos passaram a participar ativamente em sala de aula e aplicando seus estudos. Vimos resultados em que os alunos estudam mais, vão melhor nas provas e os professores estão mais satisfeitos. Faz sentido”, Explica o educador.

Conheça meios de educação à distância (Foto: Divulgação)

Como funciona a sala de aula invertida na prática

Na prática as pessoas que usam essa técnica tem os vídeos como principais aliados. Os estudantes vão assistir o vídeo e o professor vai ter acesso as informações de uso desse material toda vez que o aluno assistir. Depois de ver o vídeo os alunos respondem um questionário que mede o seu entendimento e pode ajudar o professor a melhorar o material para as próximas aulas e sanando as dúvidas.

As aulas invertidas precisam dessa estrutura mínima de vídeo, que podem ser pequenos, com um curto tempo de duração. Além disso, é necessário que o professor acompanhe o acesso dos vídeos por meio de ferramentas tecnológicas.

Top