Isabella Moretti 07/09/2013 Educação

A atribuição de aulas para 2014 no estado de São Paulo envolverá 230 mil professores, incluindo efetivos, estáveis e temporários. As 91 Diretorias de Ensino do Estado já estão se mobilizando e recebendo as inscrições antecipadamente.

A atribuição de aulas está com inscrições abertas. (Foto:Divulgação)

As aulas de cada ano letivo são atribuídas primeiramente para os professores efetivos. Em seguida, vem a categoria de docentes estáveis e, por fim, os não-efetivos, ou seja, aqueles que buscam a contratação por um ano.

Inscrições para atribuição de aulas em SP

No dia 15 de agosto teve início o período de atribuição de aulas para 2014 em SP. Os educadores efetivos e estáveis podem acessar o sistema GDAE (Gestão Dinâmica de Administração Escolar) para definir a jornada de trabalho para o próximo ano.

Os professores interessados na contratação temporária precisam efetuar a pré-inscrição na diretoria de ensino da região onde deseja atuar. Em seguida, eles devem confirmar o cadastro online, também realizado através do GDAE.

Os profissionais que desejam ser contratados por um ano de trabalho terão que participar do Processo Seletivo Simplificado, que será realizado no mês de outubro.

O prazo se encerra no dia 10 de setembro. (Foto:Divulgação)

O prazo de inscrição para a atribuição de aulas 2014 segue aberto até o dia 10 de setembro.  No entanto, o resultado oficial será divulgado em janeiro, pouco antes de começar o ano letivo.

A inscrição antecipada para a atribuição de aulas promete trazer facilidade para os gestores escolares, afinal, eles conhecerão previamente a jornada dos professores para fazer a distribuição das classes.

Novidade no sistema de atribuição de aulas

A Secretaria de Educação do Estado de São Paulo vai permitir que os professores aumentem a carga horária de trabalho. O novo projeto espera ampliar a jornada de dos docentes efetivos e estáveis, que poderão acumular 25 horas extras.

A iniciativa espera conquistar 181,5 mil professores do estado de São Paulo. Estes profissionais serão beneficiados com um aumento de R$ 1.400,00 ao mês, além das gratificações que são somadas ao cargo.

Professores efetivos podem ampliar a jornada de trabalho. (Foto:Divulgação)

A medida permitirá que um professor efetivo substitua outro professor que esteja afastado por licença médica, desde que o horário seja diferente da jornada de trabalho oficial. Os docentes que aderirem ao projeto vão trabalhar 65 horas semanais.

Os professores que desejam ampliar a carga horária também devem realizar a pré-inscrição até o dia 10 de setembro.

Acesse o sistema GDAE para definir as opções da jornada de trabalho.

Outros artigos

Biker Jacket Masculina: look e onde comprar

29/05/2016

Biker Jacket Masculina: look e onde comprar

Você já ouviu falar da Biker Jacket Masculina? Esse modelo de jaqueta é perfeito para os homens que desejam montar looks estilosos, modernos e charmosos. Leia a maté...

Papel de Parede Para Apartamento

31/05/2017

Papel de Parede Para Apartamento

O papel de parede se tornou uma maneira fácil, pratica e barata de decorar apartamento, principalmente para aquelas pessoas que gostam de estar sempre inovando em ma...

Loja Virtual Walmart Frete Grátis

23/08/2010

Loja Virtual Walmart Frete Grátis

Lojas virtuais são recursos eficientes em que você tem a disposição para conseguir fazer as suas compras sem precisar sair de casa, muitas entidades de credibili...