Atlético Mineiro renasce no returno e vai afastando o risco do rebaixamento

Ao término do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, o cenário para o Atlético Mineiro estava longe de ser animador. Na vice-lanterna da competição, com…

Zagueiro Réver é um dos principais nomes da defesa atleticana no segundo turno do Brasileirão

Ao término do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, o cenário para o Atlético Mineiro estava longe de ser animador. Na vice-lanterna da competição, com apenas 15 pontos, o Galo estava a cinco da primeira equipe que escapava do rebaixamento. Naquela época, o descenso do clube para a Série B do futebol nacional parecia ser apenas questão de tempo.

Entretanto, o Galo renasceu na competição, se recuperou de forma impressionante e hoje ocupa a 14ª posição, com cinco pontos de vantagem para o rival Cruzeiro, integrante do Z-4. Tal virada só foi possível graças ao ótimo desempenho do Atlético Mineiro no returno do Brasileirão, já que a equipe mineira conta com a quarta melhor campanha do segundo turno. E dois aspectos aparecem como fundamentais para a reação do Galo: o setor defensivo do time e a força da Arena do Jacaré.

Nas 14 partidas que disputou pelo returno, a zaga atleticana é disparada a menos vazada, com apenas 11 gols sofridos. Fator que deu estabilidade tática aos demais setores da equipe. O zagueiro Réver, que foi convocado recentemente para a Seleção Brasileira, tem se destacado na marcação.

Outro aspecto determinante na luta do Galo contra o descenso é a Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. Neste segundo turno, o Atlético Mineiro atuou oito vezes no estádio, conquistando cinco vitórias, três empates e nenhuma derrota. Além de ter se acostumado a jogar no estádio, o elenco conta com a força da torcida atleticana que tem transformado a Arena do Jacaré em um caldeirão nos dias de jogos do time.

Feliz com a reciprocidade que existe entre time e torcida, o técnico Cuca é só elogios à massa atleticana. “É fantástico, está se criando o fato que se repete aos domingos e a gente pegando corpo em cima disso, desse vínculo com o torcedor. E, dentro do campo, também. A torcida tem entendido os momentos difíceis que a gente passa no jogo e tem empurrado a equipe”, declarou Cuca ao site oficial do clube.

Leia Também:  Sob o comando de Caio Júnior, Botafogo surpreende no Brasileirão

Para a alegria da equipe mineira, o time ainda fará três jogos na Arena até o fim da competição, contra Coritiba, Botafogo e Cruzeiro.

Top