Atividades físicas ajudam a combater as consequência do gene da obesidade

Para sustentar a forma é necessário sacrifícios: é necessário ter muita disciplina nas atividades físicas, comer menos, resistir a doces e às frituras. Porém,…

Imagem: (Foto Divulgação)

Para sustentar a forma é necessário sacrifícios: é necessário ter muita disciplina nas atividades físicas, comer menos, resistir a doces e às frituras. Porém, quando chega as festas de final de ano, tudo parece pior. Dezembro traz uma onde de tentações que parece irresistível, mas, é possível aproveitar bem as celebrações e comer de tudo, sem engordar.

Sem excessos, atentos às substituições, pode-se aproveitar as refeições do final de ano sem peso na consciência. Confira a seguir, as principais dicas para passar a temporada de comemorações sem ganhar as incômodas gordurinhas extras.

Coma sem pressa

O principal segredo é aproveitar a reunião familiar para fazer uma refeição sem pressa, mastigando bastante. “Comer rápido engorda mais, porque a pessoa não fica saciada. Ela pode devorar a ceia inteira – e é exatamente isso que ela não deve fazer”, afirma a endocrinologista Gláucia Carneiro, do laboratório de obesidade da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo),

Quando comemos devagar, a quantidade de ingestão é reduzida, explica Gláucia. “Quem come lentamente não tem como engordar. É uma questão química: existe um freio hormonal da fome que precisa de 20 minutos para atuar.” A especialista adverte que os pratos típicos de festas natalinas, são alimentos magros, pouco calóricos. Assim, o que engorda é  o exagero na quantidade. E também o abuso das sobremesas.

A mesma indicação vale para as bebidas alcoólicas. “Tomar uma taça de champanhe não tem problema nenhum. Mas lembre-se que bebida também engorda, principalmente a cerveja”, alerta a médica.

Evite exageros

A receita para sustentar a saúde nesta temporada de festas é desfrutar bem da ceia, mas não comer como se estivesse na ceia de Natal ou Ano Novo por duas semanas consecutivas. “Uma só refeição mais calórica não vai fazer nenhum estrago em longo prazo. O que não pode é ficar comendo muito, em geral as sobras das ceias, por vários dias seguidos”, afirma Mancini.

Leia Também:  Como depilar sem sentir dor

Outra dica do especialista é caprichar um pouco mais nos exercícios quando tiver um tempo livre.

Exercite-se um pouco mais

A mesma indicação de aumentar um pouco os exercícios físicos é dado pelo personal trainer Thiago Arias. “Não existe segredo: para manter o mesmo corpo ou se mantém a mesma alimentação (com a mesma ingestão de calorias), ou se come mais e se intensifica os exercícios (para gastar as calorias extra ingeridas)”, afirma.

O problema, segundo o personal, é que nessa época as pessoas ficam mais atarefadas, com menos tempo para dedicar aos exercícios. Muitos viajam parte do mês, o que também compromete o ritmo de exercícios.

Mesmo que dê um intervalo nas atividades físicas por uma ou duas semanas, Arias aconselha: não se incomode a ponto de ficar irritado. De acordo com o especialista, aqueles que estão acostumado a se exercitar o ano inteiro podem se dar ao luxo de descansar uma semana.  “Parar um pouquinho não faz mal nenhum.”

Top