As síndromes mais raras do mundo

Atualmente existem várias doenças com manifestações diferentes em todo o mundo. Dentre elas estão as síndromes que são caracterizadas pelo conjunto de sinais e…

A Síndrome de Hutchinson-Gilford provoca envelhecimento precoce.(Foto: Divulgação)

Atualmente existem várias doenças com manifestações diferentes em todo o mundo. Dentre elas estão as síndromes que são caracterizadas pelo conjunto de sinais e sintomas que se ligam a uma doença principal. Existem algumas síndromes que são extremamente raras e que a maioria das pessoas não está acostumada a ver, mais o fato é que elas existem. Saiba mais.

 Veja o que síndrome de Turner.

 Sete síndromes mais raras do mundo

  1. Síndrome de Riley-Day

Essa síndrome é caracterizada pela ausência total da sensibilidade à dor. São pessoas normais de tato e sensibilidade ao frio, calor e pressão, porém totalmente indolor. As principais consequências disso é que geralmente os portadores morrem mais jovens por traumatismos e lesões, por não sentirem dor.

  1. Síndrome d Moebius:

A causa dessa síndrome é desconhecida. Ela é caracterizada por seu portador não apresentar o nervo facial, tornando as pessoas sem expressão. Ou seja, não podem sorrir, nem franzir a testa, controlar a piscada dos olhos e não podem movê-los lateralmente. O portador tem dificuldade de engolir, soprar, falar ou realizar outras atividades relacionadas aos músculos faciais.

  1.  Síndrome de Proteus

Atualmente possui 200 casos registrados em todo o mundo. Estima-se que ela acometa um caso a mais de um milhão de nascimentos. Ela é caracterizada por apresentar malformações de cutâneas e subcutâneas, excesso de pigmentação da pele, irregularidade vascular e crescimento irregular dos ossos. A doença causa um gigantismo dos membros, provocando desfiguração da pessoa. O famoso Josefh Merrick, conhecido como homem elefante, sofria desta síndrome.

A sindrome de Riley-Day é caracterizada ausencia da sensibilidade a dor.(Foto: Divulgação)

  1. Síndrome de Hutchinson-Gilford (Progeria)

As pessoas acometidas com essa síndrome envelhecem rapidamente desde a infância. Quando nascem possuem aparência normal, porém possuem crescimento lento e desenvolvem características de envelhecimento expressivo. Ainda muito jovens, perdem cabelos e adquirem rugas. Esses indivíduos sofrem com problemas arteriais que levam à morte na adolescência.

  1. Hipertricose Lanuginosa Congênita (Síndrome do homem lobo)

As pessoas acometidas com essa doença são cobertas por lanugem, exceto nas palmas das mãos e dos pés. Os indivíduos acometidos apresentam essas características logo nos primeiros meses de vida, sendo que elas podem permanecer para o resto da vida ou desaparecer depois de alguns anos.

  1. Síndrome da mão alheia

Essa síndrome é causada por um distúrbio neurológico onde o individuo perde o controle sobre uma de suas mãos. Ela age como se tivesse vida própria. Em alguns casos a própria mão é capaz de matar o indivíduo.  Ela é também conhecida como síndrome da mão alienígena.

  1. Urticária aquagênica

Essa síndrome se caracteriza por seu portador apresentar lesões na pele, geralmente causadas em consequência de reações alérgicas. O grande problema da urticária aquagênica é que a alergia nesse caso é causada pela água. Após o contato com a água os portadores dessa síndrome apresentam erupções cutâneas em 15 minutos.

Leia Também:  Atividades físicas moderadas e suas vantagens

Leia também sobre síndrome do miado do gato.

Na síndrome da mão alheia a pessoa perde o controle de uma das mãos.(Foto: Divulgação)

As síndromes mais raras do mundo são doenças que provocam diversos tipos de manifestações nos indivíduos. Geralmente elas acometem os indivíduos desde a infância e acompanham até a fase adulta. Os portadores sofrem muito com os problemas causados pelas doenças, e algumas ainda diminuem a chance de sobrevida, levando o acometido à morte ainda jovem.

Top