As Piores Dores do Mundo!

Recentemente, a revista Superinteressante publicou um artigo elencando as piores dores do mundo.Tendo como base uma escala de dor, variável em nota de 0 a 10, cientistas questionaram diversos pacientes pedindo-lhes  que atribuíssem uma nota à dor que estavam sentindo, ou seja, 0 para ausência completa de dor e 10 para a pior dor já sentida.Dos dados coletados, foram selecionadas as 10 dores melhores classificadas, ou seja, as que mais receberam notas entre 9 e 10 pelos pacientes questionados.

Antes de enumerarmos as “dores campeãs” vamos definir o conceito de dor. Segundo a Associação Internacional para o Estudo da Dor, IASP, a dor é uma resposta automática do organismo quando estimulado, uma experiência sensorial desagradável associada a uma lesão real ou potencial.

As Piores Dores do Mundo!

Para entender como o corpo sente a dor, Imagine alguém te espetando com uma agulha. Quando ela se aproxima da pele, receptores sensoriais das células locais geram impulsos nervosos, que conduzidos pelos nervos, chegam ao seu cérebro (sistema nervoso central) e são traduzidos nas sensações tão desagradáveis que conhecemos como dor.

É o chamado arco reflexo involuntário.Geralmente em filmes, bandidos quando feridos ficam se contorcendo de dor enquanto que o mocinho, mesmo levando um tiro, levanta, sacode a poeira e sai andando. Essa idéia distorcida é devido ao fato de se associar que quem agüenta uma dor é forte e corajoso; Mas ficção à parte, ninguém em sã consciência quer sentir dor.

Pode parecer estranho, mas é vital sentir dor. É ela quem nos avisa que existe algo errado conosco nos motivando a tratar ou buscar ajuda. Pessoas que não sentem dores (portadoras de uma doença chamada rara de nome Analgesia) têm muitos problemas no dia a dia e geralmente morrem jovens. Sem dor seríamos motivados a ter ousadia e coragem em excesso o que nos colocaria numa condição de maior vulnerabilidade perante a vida.

As campeãs:

 

Infarto

 

O infarto do miocárdio acorre quando uma parte do músculo cardíaco deixa de receber sangue pelas artérias coronárias. A falta de oxigenação pode levar o músculo à morte. A dor é súbita e aguda.Com a piora da dor, a pressão cai e o paciente pode perder a consciência e chegar a óbito caso não tenha pronto atendimento.

Dor do parto

 

São contrações que começam leves e em tempos espaçados aumentam em intensidade. Refletem por todo o abdômen e costas. Partos normais sem anestesia, apesar de saudáveis costumam estar associados a dores terríveis.

Dor de Dente

 

Existem em variados graus de intensidade e por diversos motivos. Estão aqui elencadas aquelas relativas aos abscessos (inflamações com pus) nos canais dos dentes. Geralmente uma cárie superficial, quando não tratada, avança até polpa podendo invadir os canalitos que levam o impulso nervoso ao dente, deixando os expostos. Neste caso a dor é insuportável, só se consegue alívio com anestesia e mesmo assim o tratamento de canal pode ainda ser doloroso, já que dentes com infecções resistem à ação de anestesias.

Cólica de rim

 

Dor aguda, intensa e oscilante no rim e geralmente causadas por cálculos (pedras) renais ou no ureter (canal que conecta o rim à bexiga). Geralmente, a dor provém da movimentação das pedras ou pela obstrução do canal de passagem da urina

Cólica Biliar

 

Ocorre quando a vesícula biliar se inflama ou quando pedras migram para canais que conduzem a bile. O problema é popularmente conhecido como pedra na vesícula e o sintoma mais característico é cólica biliar, que se manifesta na região do estômago, que gradativamente aumenta em intensidade e passa a se localizar no lado direito do abdome.

Enxaquecas

 

Tipo severo de dor de cabeça associadas a outros sintomas como enjôos, náuseas, sensibilidade á luz, barulho e cheiro, visão embaraçada, entre outros. Uma crise de enxaqueca pode durar desde algumas horas até vários dias.

Hipertensão Intracraniana

 

É um transtorno neurológico caracterizado pelo aumento da pressão  intracraniana, quando não há tumor.Também pode ser causada pelo rompimento de uma artéria. Dor pulsátil que chega a ser insuportável. Algumas pessoas também apresentam zumbido no ouvido, alem de náuseas, vômitos e paralisia dos nervos cranianos.

Lombalgia Aguda

 

Dor na parte lombar das costas (parte de baixo) com sensação de paralisação. Pode surgir repentinamente, quando a pessoa se movimenta bruscamente por exemplo. Nos piores casos há a ruptura de fibras da coluna gerando dores terríveis.

Neurite Herpética

 

Infecção viral que causa a inflamação de vários nervos ao mesmo tempo. A  dor pode ficar desesperadora quando atinge o nervo intercostal, localizado próximo às costelas.

Gota

 

Doença reumática do tipo inflamatória causada pelo acúmulo de ácido úrico nos tecidos e articulações. Predomina na população masculina (95%) e a dor tende a ser muito intensa quando atinge do dedão do pé.

 

 

Reply