As empresas mais reclamadas no Procon SP 2014

A Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de São Paulo divulgou o relatório mais recente a respeito das empresas que possuem as…

A Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de São Paulo divulgou o relatório mais recente a respeito das empresas que possuem as maiores quantidades de reclamações registradas no órgão.

Anualmente, o Procon SP divulga a lista com as empresas campeãs de reclamações (Foto: Divulgação)

Os dados, que se referem ao ano de 2013, registram não só as reclamações recebidas na capital paulista, mas também levam em conta os dados fornecidos pelos Procons municipais de outras 26 cidades do estado.

No total, foram recebidas 790.476 reclamações, das quais 61,71% na cidade de São Paulo. Os atendimentos geraram 254.126 encaminhamentos da Carta de Informação Preliminar (CIP) ao fornecedor, com 84,64% dos casos solucionados.

Entre as empresas mais reclamadas no Procon SP, o destaque é para as companhias do setor de telecomunicações, com os cinco maiores grupos do segmento gerando mais de 6.000 reclamações fundamentadas. Bancos e fabricantes de celulares e computadores também figuram nas primeiras posições do ranking.

Empresas campeãs de reclamações no Procon SP

Dono da Claro, NET e Embratel, a América Movil foi a companhia com o maior número de reclamações recebidas no Procon de São Paulo em 2013 (Foto: Divulgação)

As empresas campeãs de reclamações no Procon SP, segundo o ranking mais recente, referente a 2013, são as seguintes:

1 – América Móvil (NET, Claro e Embratel): 2.246 reclamações, sendo 1.799 atendidas e 447 não atendidas.

2 – Itaú Unibanco: 1.897 reclamações, 451 atendidas e 1446 não atendidas.

3 – Vivo/Telefônica: 1536 reclamações, 1.033 atendidas e 503 não atendidas.

4 – Oi: 1.460 reclamações, 1.150 atendidas e 310 não atendidas.

5 – Bradesco: 1.311 reclamações, 621 atendidas e 690 não atendidas.

6 – Banco Votorantim: 1.302 reclamações, 364 atendidas e 938 não atendidas.

7 – TIM Celular: 962 reclamações, 680 atendidas e 282 não atendidas.

8 – Santander: 917 reclamações, 427 atendidas e 490 não atendidas.

9 – Caixa Econômica Federal: 869 reclamações, 189 atendidas e 680 não atendidas.

10 – Grupo Pão de Açúcar (Pão de Açúcar, Extra, Pontofrio.com, Casasbahia.com, Casas Bahia e Ponto Frio): 804 reclamações, 587 atendidas e 217 não atendidas.

A lista completa

O ranking completo do Procon SP tem 50 empresas (Foto: Divulgação)

O ranking completo divulgado pelo Procon SP, que contém um total de 50 empresas, pode ser conferido no site da instituição. As informações a respeito da lista também estão disponíveis pelo telefone 151, que atende à capital paulista.

Top