As consequências de ter o nome sujo na praça

Emitir cheque sem fundo, deixar de pagar a prestação da TV ou da geladeira nova, não quitar as dívidas do cheque especial ou do…

Emitir cheque sem fundo, deixar de pagar a prestação da TV ou da geladeira nova, não quitar as dívidas do cheque especial ou do financiamento da casa e não pagar a fatura do cartão de crédito são algumas das situações que podem levar as pessoas a “ter o nome sujo na praça”.

Ter o nome sujo na praça pode trazer várias dores de cabeça (Foto: Divulgação)

Por mais que essas situações não tenham sido planejadas, ou seja, você não deixou de pagar as contas por que quis e sim devido a algum problema financeiro momentâneo, elas acabam resultando na inclusão do nome do devedor na lista de instituições como o SPC e o Serasa, entre outras.

Para quem está nessas condições, é preciso tomar ciência das consequências de ter o nome sujo na praça, para evitar problemas maiores e que podem atrapalhar ainda mais a sua vida.

Tire algumas dúvidas: Nome sujo: perguntas e respostas

O que fazer: Como limpar o nome no Serasa

Ter bens penhorados para pagar as dívidas

O credor pode solicitar a penhora de bens, como carros e imóveis, para o pagamento das dívidas (Foto: Divulgação)

Dependendo do tipo e do tamanho da dívida, o credor pode pedir na justiça a penhora de bens para saldá-la. Geralmente, são feitas consultas ao Detran, para saber se o devedor possui automóvel registrado em seu nome e também aos cartórios de registros de imóveis, com o intuito de verificar a posse de imóveis.

Caso o devedor possua algum bem passível de penhora, poderá perdê-lo para quitar as dívidas.

Dificuldade em arrumar emprego

Muitas empresas costumam consultar os cadastros de restrição ao crédito para saber um candidato a vaga de emprego tem o nome sujo (Foto: Divulgação)

Nenhuma empresa gosta de ter como funcionário uma pessoa que não saiba controlar as próprias finanças, pois isso pode refletir no rendimento do seu trabalho. Por esse motivo, muitas empresas têm adotado a prática de consultar os cadastros de restrição ao crédito, por mais que neguem a atitude, para saber se o candidato àquela vaga possui algum registro.

Leia Também:  Atendimento Online Submarino

Com isso, fica ainda mais complicado pagar as dívidas e limpar o nome, pois sem emprego não há renda.

Impossibilidade de fazer compras a prazo

Quem tem o nome sujo não consegue comprar com cheque, boletos ou carnês enquanto não quitar as dívidas (Foto: Divulgação)

Se você está com o nome sujo na praça, esqueça qualquer compra a prazo, pois o seu acesso ao crédito ficará totalmente restrito. Nenhuma loja aceitará cheques em seu nome ou lhe oferecerá como forma de pagamento o boleto, carnês ou notas promissórias. Nesse caso, você só poderá comprar à vista.

Dificuldade em obter empréstimos e solicitar financiamento

Solicitar cheque especial, cartão de crédito, empréstimos e financiamentos também é complicado para quem está com o nome sujo (Foto: Divulgação)

Para a pessoa cujo nome consta no SPC/Serasa, não existe a possibilidade de usar crédito pré-aprovado, solicitar cheques e cartões de crédito e obter empréstimos bancários ou financiamentos, já que nessas transações são feitas consultas para saber se o consumidor tem o nome limpo. Em alguns casos, pode ser complicado até mesmo abrir uma conta bancária.

Top