Armazenamento em nuvem: vantagens e desvantagens

Se há alguns anos o armazenamento em nuvem era visto apenas como uma tendência e gerava muita desconfiança por parte dos usuários, atualmente o…

Por Andre em 19/06/2013

Se há alguns anos o armazenamento em nuvem era visto apenas como uma tendência e gerava muita desconfiança por parte dos usuários, atualmente o serviço está bastante difundido e consolidado, trazendo inúmeros benefícios para quem opta por utilizar tal plataforma para guardar seus arquivos.

Vários serviços de armazenamento na nuvem estão disponíveis atualmente (Foto: Divulgação)

Prova disso é o grande número de serviços de armazenamento na nuvem disponíveis no momento, muitos deles gratuitos e que oferecem enormes espaços de hospedagem para os mais variados tipos de arquivos, sejam planilhas, textos, músicas, vídeos, fotos, aplicativos, etc.

Entre as opções mais conhecidas, não podemos deixar de citar o Google Drive, que oferece 15 GB gratuitos; o Dropbox, com 2 GB grátis; o SkyDrive, que dá 7 GB de graça; o MEGA, com 50 GB; e o Bitcasa, que disponibiliza armazenamento infinito, mediante uma taxa mensal de US$ 10.

No entanto, mesmo com toda essa popularidade, ainda há muitas dúvidas a respeito do funcionamento do serviço e também sobre as vantagens e desvantagens do armazenamento em nuvem.

As vantagens do armazenamento em nuvem

Com os arquivos guardados em servidores externos, você pode acessá-los online a qualquer hora e em qualquer lugar, desde que haja conexão com a web (Foto: Divulgação)

Funcionando como uma espécie de disco virtual, o armazenamento na nuvem traz como principal vantagem a possibilidade de acessar arquivos, dados e aplicativos em qualquer lugar e a qualquer hora, utilizando um computador, smartphone ou tablet, desde que haja conexão com a internet.

Outra das vantagens do armazenamento em nuvem está na economia de espaço nos discos rígidos e cartões de memória, uma vez que os arquivos ficam guardados em servidores externos, sendo visualizados e editados no ambiente online, facilitando o uso em PCs mais simples e de configurações modestas.

Além disso, diminui-se os gastos com a compra de equipamentos (pendrives, cartões de memória, HDs externos) e também com a estrutura.

As desvantagens do armazenamento em nuvem

Apesar das vantagens, guardar arquivos na nuvem costuma gerar insegurança entre os usuários (Foto: Divulgação)

Por outro lado, o fato de que os seus arquivos, softwares e outros tipos de dados estejam armazenados online, faz com que seja sempre necessário o acesso à internet, ou seja, caso haja algum problema na sua conexão, você não terá como acessá-los até que a falha seja resolvida.

Outra desvantagem do armazenamento em nuvem diz respeito à segurança e à privacidade dos dados guardados no serviço, uma vez que importantes informações do usuário ficam salvas em servidores online, e como o acesso a eles é feito, muitas vezes, em computadores públicos, há a possibilidade de que logins e senhas sejam roubados.

Mas para amenizar esse problema, algumas empresas já oferecem diversas técnicas de autenticação, para dificultar a ação de cibercriminosos.

Top