Aquário Municipal de Campinas – SP

A preocupação com a água é cada vez mais constante, já que a reserva aquífera mundial está se esgotando a cada ano, graças à poluição e ao uso abundante do líquido essencial à vida. O Brasil é o país que mais tem água doce no planeta, por isso, os olhos globais se voltam para esse continente à procura de salvação.

Aquário Municipal de Campinas - SP

Aquário Municipal de Campinas – SP

Aquário Municipal de Campinas – SP

Campinas, cidade localizada a 96 km de São Paulo é uma metrópole que se preocupa muito com a educação de seus habitantes e também dos de todo o Brasil e, por isso, montou um Aquário Municipal para mostrar ao público a importância de animais que vivem na água. Fundado em 1992 pelo biólogo Flávio Jorge Aragão, o Aquário faz parte do complexo do Museu da Arte Natural de Campinas. Esse museu existe desde 1938, quando foi criado pelo taxidermista e osteologista Max Wunsche, que deixou a Alemanha para viver no interior paulista.

O Aquário tem o objetivo de ilustrar aos visitantes a evolução da vida aquática didaticamente. As crianças e adultos se divertem e aprendem muito sobre o Reino Animal aquático, reconhecendo os seus principais filos, que vão desde os invertebrados marinhos (poríferos, celenterados, anelídeos, moluscos, crustáceos, aracnídeos e equinodermos) até os vertebrados (peixes cartilaginosos, peixes ósseos, anfíbios e répteis). Eles aprendem as funções de cada animal e a importância deles para a sobrevivência e a manutenção terrena.

Em 2008, o Aquário Municipal de Campinas passou por uma grande reforma para cumprir as normas do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis do IBAMA para a conservação e o bem-estar dos animais em cativeiro. Assim, as instalações expositivas e técnicas receberam melhorias e reformulações que custaram cerca de 150 mil reais provenientes de recursos da Prefeitura Municipal de Campinas e da venda dos ingressos do Museu de História Natural.

Atualmente, o Aquário tornou-se uma escola que atende aproximadamente 8 mil alunos, professores e educadores por ano. Durante esse período, eles aprendem sobre a conservação ambiental, o aquecimento global, as espécies ambientais aquáticas e o ambiente aquático.

O Aquário é um espaço de lazer, mas também didático, pois revitaliza a importância dos ecossistemas aquáticos e o aprendizado sobre as espécies de peixes marinhos e de água doce, principalmente os provenientes do Aquífero Guarani, que fornece água para a região.

Os visitantes podem se deleitar e se maravilhar com os 13 aquários de água doce, sendo que um possui 20 mil litros, e 10 de água salgada. Os animais que ficam nos aquários de água salgada são espécies exóticas que vêm dos Oceanos Atlântico e Pacífico e das bacias hidrográficas brasileiras.

Na Casa dos Animais Interessantes, que fica no mesmo complexo, há exemplares de iguanas, jacarés, cascavéis, jararacas, jibóias, sapos, aranhas, escorpiões e bichos-pau. Eles estão lá para mostrarem a sua importância para o meio ambiente.

O Aquário recebe anualmente 100 mil visitantes e todos saem muito satisfeitos com a visita.

O Aquário Municipal de Campinas fica na Rua Coronel Quitino, 2 – Bosque dos Jequitibás e está aberto de terça a domingo e feriados, das 9h às 12h e das 13h às 17h30.

Os ingressos custam apenas R$2,00, sendo que idosos e crianças de até 6 anos não pagam a entrada. Grupos escolares podem entrar gratuitamente, contanto que apresentem ofício em papel timbrado da escola na bilheteria.

Para entrar em contato com a administração do Aquário, envie um e-mail para [email protected] ou ligue: (19)3251-9849 ou (19)3295-5850.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Reply