Aprenda como agir em situações de emergências

Queimaduras, fraturas, lesões, ferimentos causados por cortes, intoxicações (causadas por drogas, ervas venenosas, gases, produtos químicos e até alimentos) e choques elétricos são alguns…

Por Andre em 06/05/2014

Queimaduras, fraturas, lesões, ferimentos causados por cortes, intoxicações (causadas por drogas, ervas venenosas, gases, produtos químicos e até alimentos) e choques elétricos são alguns dos acidentes domésticos mais comuns.

Em caso de emergências provocadas por acidentes domésticos, é preciso ter muita calma para fazer os primeiros socorros (Foto: Divulgação)

Quando uma pessoa sofre algum desses acidentes ou passa mal, é fundamental que ela receba os primeiros socorros, conjunto de procedimentos que podem ser realizados por qualquer pessoa que esteja nas proximidades, antes da chegada de uma equipe médica, com o objetivo de impedir maiores complicações e até mesmo salvar vidas, dependendo do caso.

Por causa da grande importância que têm essas atitudes imediatas, tomadas logo após a ocorrência de acidentes como os citados acima, saber como agir em situações de emergência é algo primordial e do interesse de todos.

☰ CONTEÚDO

O que fazer em situações de emergência

As queimaduras devem ser lavadas com água em abundância (Foto: Divulgação)

Quando existe algum dano à saúde, provocado por diferentes situações, você deve chamar o atendimento profissional (Samu – 192) e, enquanto o socorro não chega, pode realizar os primeiros socorros. Comece chamando a vítima pelo nome, verifique se ela está respirando e confira a sua pulsação. Os passos seguintes dependem do tipo da situação de emergência.

No caso de queimaduras, lave o local atingido com água em abundância e use um pano limpo e umedecido para cobrí-lo, evitando furar as bolhas e tocar na área queimada, o que pode piorar a situação.

Já nos ferimentos causados por cortes, limpe com água corrente ou soro fisiológico e faça uma compressão com gaze ou pano limpo, para reduzir o sangramento. Posteriormente, aplique um curativo com iodo ou mercúrio cromo, lembrando-se de não tentar retirar vidros, farpas ou partículas de metal do ferimento.

Como agir em casos de parada cardíaca

Dicas de primeiros socorros para animais

Fraturas, intoxicações

A gaze é um item fundamental nos primeiros socorros (Foto: Divulgação)

As fraturas podem ser definidas como fechadas, quando o osso quebrou mas a pele não foi perfurada, e expostas, que ocorrem quando o osso quebra e a pele é rompida. Nesses casos, coloque o membro acidentado em posição natural e imobilize a fratura, movimentando o mínimo possível.

Utilize talas (podem ser feitas de qualquer material rígido) para sustentar o membro, amarrando-as com ataduras ou tiras de pano não muito apertadas, em pelo menos quatro pontos. Panos ou outros materiais macios devem ser utilizados para acolchoar as talas e evitar danos à pele.

Se o caso envolver intoxicação, não provoque vômito, se a vítima tiver ingerido gasolina, querosene, soda cáustica, líquido de isqueiro, ácidos, amônia, alvejantes de uso doméstico e removedores. Além disso, não a deixe tomar azeite, óleo ou álcool, e faça com que ela fique quieta.

Socorro profissional

Depois de realizar os primeiros socorros, mantenha-se calmo e acalme também a vítima. Agora, é só esperar pela chegada do socorro médico ao local, para que os profissionais especializados iniciem o atendimento.

Top