Aprenda a Reformar o Estabelecimento Comercial

Um estabelecimento comercial deve ser receptivo, harmonioso e com um visual moderno. Não dá para receber consumidores ou clientes num espaço mal decorado e…

Por Isabella Moretti em 05/09/2011

Um estabelecimento comercial deve ser receptivo, harmonioso e com um visual moderno. Não dá para receber consumidores ou clientes num espaço mal decorado e sem equilíbrio. Desse modo, investir numa reforma representa a solução para quem deseja otimizar a área e adicionar melhorias.

Não dá para preservar o visual de um estabelecimento comercial para sempre, é fundamental investir em mudanças e se preocupar com o sucesso do negócio. É válido ressaltar que algumas alterações na forma de decorar ou mesmo na arquitetura podem representar uma poderosa estratégia de marketing.

É fundamental que um estabelecimento seja arejado, isto é, com boa circulação de ar para que os consumidores se sintam a vontade. A iluminação precisa contribuir com as atividades de compra, contribuindo assim com um ambiente claro e agradável. Um ambiente com temperatura controlada também costuma criar condições favoráveis para as pessoas.

Antes de fazer qualquer investimento na reforma do estabelecimento comercial é necessário levantar os gastos e compará-los com o orçamento disponível. A verba deve ser acessível às mudanças, caso contrário as despesas resultaram em dívidas. A Caixa representa uma ótima solução para quem necessita de dinheiro para reformar ou construir um negócio.

O principal motivo para a reforma de um ponto comercial é a ampliação. Normalmente para um negócio crescer e prosperar no mercado ele precisa de um espaço amplo e agradável. O estabelecimento acaba adquirindo novas divisões e exibe um visual otimizado.

A reforma de um lugar para comércio requer planejamento. Não dá para fazer qualquer mudança na estrutura ou no visual do espaço sem antes considerar o impacto que isso terá para o público consumidor. Na parte interna vale a pena apostar em móveis modernos e charmosos, capazes de valorizar a proposta de decoração que predomina no espaço.

Uma área comercial pode ser decorada de diversas maneiras, por isso antes de iniciar a obra é necessário eleger um estilo ou mesmo uma combinação de estilos. Normalmente o estabelecimento se torna mais confortável quando as paredes exibem cores claras e itens mobiliários que seguem um mesmo padrão. Não é um erro investir em algo temático, mas nessa produção normalmente é recomendado buscar idéias junto com um designer de interiores.

O proprietário que está investindo numa reforma deve investir na compra de móveis novos e, quem sabe, até mesmo na aquisição de alguns elementos de paisagismo. A mobília precisa ser funcional, ou seja, não sobrecarregar o espaço com itens desnecessários. Apostar num design mais moderno também tem representado uma forte aposta em restaurantes, bares, hotéis, lojas, panificadoras, cafés, entre outros estabelecimentos.

Um empreendimento de sucesso requer um arranjo físico agradável em todos os aspectos. A decoração do espaço precisa ter lugar importante no plano de negócio e considerar o perfil do investimento. De repente uma boa localização e cenários bem montados quanto a estética conseguem resultar em sucesso nas vendas.

Investir numa nova fachada também é um dos objetivos na hora de reformar o estabelecimento. Trata-se da apresentação para o público consumidor, por isso a estrutura deve ser moderna, receptiva e chamar a atenção de maneira positiva. Trabalhar com novos materiais é uma possibilidade para modernizar a fachada, tal como a madeira e o vidro. As vitrines são fundamentais para a apresentação de mercadorias ou ofertas de ocasião.

Depois de conhecer algumas dicas de como reformar estabelecimento, coloque-as em prática com bom gosto e criatividade.

Top