Aprenda a lidar com o estresse antes do vestibular

O vestibular é uma fase que mexe com os adolescentes e muitos acabam estressados. Para evitar esse quadro de tensão, saiba algumas dicas. […]

O ano inteiro se passou e está chegando o grande momento: o vestibular. Por meio de uma prova, muitos jovens são aprovados e tomam rumos que vão decidir a futura profissão deles. Por ser uma avaliação de tamanha importância, como suportar este momento e fazer com que o estresse diminua?

É preciso saber lidar com os momentos importantes e relaxar

Conheça o tipo de prova da banca 

Uma tática eficiente para se dar bem nas avaliações e estar fora do nervosismo é conhecer bem o tipo de exame que será enfrentado. Entender como funciona o processo seletivo e como as bancas cobram os assuntos do aluno, fazem com que o estudante enfrente uma situação que de certa forma já domina. Isso pode ser alcançado por meio de simulados, por exemplo. Imprimir as provas passadas e resolvê-las em casa também vale. Essas são algumas orientações presentes no livro Vestibular 100%, de Fábio Ribeiro Mendes.

Pensamento positivo ajuda a alcançar meta 

Outra orientação super importante para não ter estresse antes do vestibular é aprender a usar o pensamento positivo, tão falado por psicólogos, gestores e religiosos. A velha estratégia de programar o cérebro para a meta a ser alcançada ajuda e muito a não deixar o pessimismo aparecer e com ele todos os sintomas que podem derrubar qualquer candidato: desânimo, tristeza, nervosismo, insônia e muito mais. Para chegar ao ponto de equilíbrio, vale também uma boa alimentação. Tudo isso pode ser encontrado no livro Vestibular sem medo: passei 4 vezes na Fuvest, de Renato Amaral.

Conversar sobre o assunto nunca é demais

Conversar sobre o assunto ajuda a aliviar a tensão

Conversar sobre os medos, dúvidas e angústias também é uma forma de extravasar e diminuir a tensão que antecede a  prova tão esperada. Hoje em dia, as redes sociais são pontos de encontro de jovens que estão em busca de respostas para suas perguntas sobre esse momento tão importante na vida deles, seja no Facebook, no Twitter ou Orkut. Nelas, é possível encontrar não somente os vestibulandos tirando suas dúvidas, mas também profissionais, como psicólogo, por exemplo, que dão muitas orientações. Mas não é somente por elas que você deve recorrer, ao contrário: os pais, parentes amigos e qualquer um que esteja acompanhando o adolescente nessa fase devem ouvi-lo também.

Leia Também:  Ideias diferentes para despedida de solteira

Top