Aparelho ortodôntico: Fixos ou móveis

Com certeza você tem um ou mais amigos que usa ou usou aparelho nos dentes, e se pergunta porque tantas pessoas usam aparelho nos…

Por Redacao em 13/08/2009

Aparelho ortodontico

Com certeza você tem um ou mais amigos que usa ou usou aparelho nos dentes, e se pergunta porque tantas pessoas usam aparelho nos dentes. Atualmente tornou-se ainda mais comum o uso de aparelhos, não existe mais um pânico por causa da estética dos aparelhos, já foi lançado até o aparelho com cores que imitam a cor dos dentes, além disso há uma diversão na hora de trocar as cores a cada manutenção.

A função do aparelho ortodôntico é alinhar a posição dos dentes quando eles se desenvolvem com má formação, para fins de estética ou de mastigação. O uso contínuo do aparelho permite a correção dos dentes deixando o sorriso muito mais bonito. Esses aparelhos podem ser fixos ou móveis, mas quem decide qual aparelho é mais adequado é o ortodontista.

Os aparelhos móveis são indicados para pequenos movimentos dentários e para quem ainda está em fase de crescimento. O uso do aparelho móvel em crianças a partir de 4 anos pode evitar o uso de aparelho fixo posteriormente, portanto é de extrema importância o tratamento preventivo na infância.

Já os aparelhos fixos, compostos de bráquetes colados aos dentes e outras peças, são usados em casos onde é necessária uma movimentação maior dos dentes tridimensionalmente. As partes do aparelho juntas formam tração nos dentes, empurrando-os na direção que o ortodontista definir. Os dentes são movidos devagar durante o tratamento.

O tratamento ortodôntico dura em média dois anos, isso acontece porque esse é um tempo adequado para que os dentes se movimentem e fiquem em suas posições corretas. Os aparelhos que são fixos precisam de manutenção mensal, trocando-se os fios por outros de diâmetro cada vez maior, para que se obtenha movimentos cada vez mais precisos.

Caso tenha dúvidas com relação à necessidade de uso do aparelho procure um especialista, após realização de diversos exames ele indicará o tratamento mais adequado. Antes de escolher o seu dentista fique atento a alguns detalhes para não ser enganado. Um bom profissional é aquele que cobra um preço justo pelo seu trabalho e trabalha de maneira justa pelo que cobra, além disso pesquise se o profissional tem experiência com o aparelho que vai utilizar no tratamento, prefira um ortodontista que já tenha concluído o tratamento de alguém que você conheça, tire dúvidas com relação às especializações que ele possui, custos e frequência das manutenções etc.

Não existe contra indicação quanto à idade, a limitação no uso do aparelho está na saúde geral, especialmente, na saúde óssea dos maxilares. A limitação pode ocorrer em qualquer idade. Porém é bom lembrar que os aparelhos necessitam de alguns cuidados como evitar alimentos com muita fibra ou duros, manter sempre uma boa higienização e não faltar às consultas mensais ao dentista.

Top