Anvisa realiza campanha contra medicamentos emagrecedores

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) começou hoje uma campanha nos meios de comunicação para “esclarecer” a população sobre a suspensão do uso…

Por Editorial MDT em 27/12/2011

Imagem: (Foto Divulgação)

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) começou hoje uma campanha nos meios de comunicação para “esclarecer” a população sobre a suspensão do uso e da comercialização dos medicamentos para emagrecer no Brasil. A medida da Agência foi contra indicações médicas  e institutos médicos.

Na primeira fase, a campanha será movimentada em 43 rádios de nove capitais – Recife, Fortaleza, Belo Horizonte, São Paulo, Curitiba, Rio de Janeiro, Salvador, Brasilia e Porto Alegre – onde há maior público consumidor de medicamentos emagrecedores, de acordo com a Agência.

Em fevereiro, a campanha começa a ser divulgada no canais nacionais de TV. As mensagens garantirão que a forma eficaz de emagrecer é com alimentação balanceada e prática de atividades físicas, deixando de levar em conta os casos nos quais os remédios são imprescindíveis.

Em outubro, a  Agência resolveu abolir do mercado os medicamentos para emagrecer à base dos anfetamínicos, já que eles podem acarretar problemas cardíacos e modificações no sistema nervoso central dos indivíduos. Desde o dia 9 de dezembro, farmácias e drogarias estão impedidas de comercializar os medicamentos.

A sibutramina, utilizada também no tratamento, permanece autorizada, porém com restrições. Os médicos e pacientes devem firmar um termo de responsabilidade que, precisa ser proporcionado junto com a prescrição médica no momento da compra do remédio. Os especialistas são obrigados a avisar a Agência, problemas com pacientes que utilizam o medicamento.

Top