Anvisa quer rótulo em caixas de ovos

O ovo é um alimento muito consumido entre os brasileiros. Seus benefícios são considerados importantes, possuem alto valor nutricional, tem 13 nutrientes essenciais, em…

Por Editorial MDT em 27/11/2015

O ovo é um alimento muito consumido entre os brasileiros. Seus benefícios são considerados importantes, possuem alto valor nutricional, tem 13 nutrientes essenciais, em quantidades variadas, necessários para o bom funcionamento do organismo. E é por isso que a Anvisa quer rótulo em caixas de ovos, pois dentre esses nutrientes incluem-se proteínas de alto valor biológico, colina, ácido fólico, ferro e zinco. Tudo isso por apenas 75 calorias. Os ovos são importantes para as dietas de emagrecimento, força muscular, funcionamento do cérebro, a saúde dos olhos e muito mais.

Anvisa quer rótulo em caixas de ovos (Foto: Divulgação)

Anvisa quer rótulo em caixas de ovos (Foto: Divulgação)

Anvisa quer rótulo em caixas de ovos

Um ovo grande contém 6g de proteínas, quase metade delas está na gema. Tem 4,5 g de gorduras (7% das necessidades diárias), somente um terço desta é gordura saturada. Não contém gordura trans. Por esses motivos, a importância de se consumir o produto. e a Anvisa quer rótulo em caixas de ovos para que as informações sejam ainda mais claras para o consumidor que está comprando o alimento.

Leia mais informações sobre: Decorar ovos de galinha: dicas, fotos

Produção em larga escala

Ovos são vendidos em caixas (Foto: Divulgação)

Ovos são vendidos em caixas (Foto: Divulgação)

Por ser produzido e consumido em larga escala, a ANVISA  determinou que as embalagens de ovos vendidas no país, deverão ter um rótulo, que deve ter o seguinte alerta: conservar os ovos  refrigerados e não consumir crus ou mal cozidos.

Objetivo da determinação

Medida visa proteção a saúde do consumidor (Foto: Divulgação)

Medida visa proteção a saúde do consumidor (Foto: Divulgação)

Essa determinação é para evitar a contaminação de salmonela através do ovo, na casca, e no ovo cru. Este tipo de bactéria é comum e causa infecção alimentar, e os efeitos são: dor abdominal, calafrios, náusea, vômito e diarréia, podendo, em alguns casos, ser fatais.

Outros meios também podem transmitir a salmonela,  por isso devemos guardar os alimentos prontos na geladeira, assim evitamos contato com aves, insetos e roedores.

Leia mais informações sobre: Anvisa suspende alguns produtos infantis

Outras dicas podem evitar o contágio

É preciso consumir com cuidado e fazendo uma higiene (Foto: Divulgação)

É preciso consumir com cuidado e fazendo uma higiene (Foto: Divulgação)

– Após manipular aves e ovos crus lavar bem a louça que foi usada e também as mãos;
– Os alimentos devem ser bem cozidos;
– Não consumir alimentos preparados com ovos crus;
– Usar recipientes diferentes para preparação de alimentos crus e cozidos;
– Os alimentos preparados, mesmo quentes, devem ser armazenados na geladeira.

As empresas terão 180 dias para seguir as normas, após publicação oficial do artigo.

Os consumidores precisam estar atentos aos dizeres das embalagens, e verificar se tais especificações estão sendo cumpridas. Os consumidores serão os melhores observadores e poderão fazer suas reclamações ou denúncias, caso não esteja sendo cumpridas tais determinações da ANVISA. Fiscalizar é um dever de todos!

Top