Anvisa orienta panificadoras a produzir pães com menor teor de sal

Segundo a Agência Brasil, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) acaba de distribuir um orientação para padarias e outros empreendimentos de alimentação produzirem…

Por Editorial MDT em 06/01/2012

Imagem: (Foto Divulgação)

Segundo a Agência Brasil, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) acaba de distribuir um orientação para padarias e outros empreendimentos de alimentação produzirem o clássico pãozinho com menor quantidade de sal.

Na orientação, uma das sugestões é reduzir a acrescimento de sal à farinha de trigo, um dos elementos da massa. Em dezembro de 2011, o Ministério da Saúde e as indústrias de massa, trigo e panificadora consolidaram contrato que prevê a redução dos presentes 2% de sal no pão francês para 1,8% até 2014. Bolos, batatas fritas, biscoitos recheados e salgados de milho também fazem parte da lista.

“Isso significa que em 2011, uma receita que utiliza 50 quilos de farinha de trigo e que, tradicionalmente, é adicionada de 1.000 gramas de sal (2% da base de farinha de trigo) terá a quantidade desse produto diminuída para 950 gramas (1,9% da base de farinha de trigo) até o fim de 2012, e para 900 gramas (1,8% da base de farinha de trigo) até o fim de 2014″, diz o guia de boas práticas.

A adoção da orientação é livre. O brasileiro ingere em média 3.200 mg de sódio diariamente, acima do aconselhado pela Organização Mundial de Saúde. Segundo o levantamento realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), mais de 80% dos meninos e 77% das meninas na faixa etária de 10 a 13 anos consumem sódio além do máximo permitido. O consumo abusivo colabora para a pressão alta, doenças renais e cardíacas.

Top