Anvisa determina proibição de alimentos e bebidas a base de Aloe vera

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou, hoje (14), a proibição da importação, fabricação e comercialização de bebidas e alimentos à base de…

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou, hoje (14), a proibição da importação, fabricação e comercialização de bebidas e alimentos à base de Aloe vera, em todo território nacional. A restrição teve publicação, hoje, no Diário Oficial da União, e de acordo com o texto, o produto passa a ter seu uso mantido, como regulamentado neste gênero, somente como aditivos em aromatizantes.

A planta, conhecida em ampla escala como babosa, é muito conhecida  por sua presença em cosméticos – especialmente xampus e condicionadores – além de produtos de limpeza, mas, nos últimos anos vinha sendo utilizada também em bebidas e alimentos, especialmente, aqueles que pretensamente apresentam função de emagrecimento. Como tal uso se encaixa em uma categoria chamada de “novos alimentos”, ela deve submeter-se primeiramente ao registro do órgão regulador antes de ser comercializada no país.

A justificativa para a proibição é que, segundo a Anvisa, não existe comprovação da segurança sobre o uso de Aloe vera neste tipo de produto e nem registro no órgão para tais fins.

O texto com respeito a nova norma, publicado no Diário Oficial da União, não faz menção a possíveis punições a infratores ao veto.

Top