Angelina Jolie queria ser agente funerário

Durante uma entrevista ao programa “60 Minutes”, a atriz Angelina Jolie, esposa de Brad Pitt, revelou que pensou seriamente em se tornar agente funerário.…

Durante uma entrevista ao programa “60 Minutes”, a atriz Angelina Jolie, esposa de Brad Pitt, revelou que pensou seriamente em se tornar agente funerário. De acordo com Angelina, ela ficou muito irritada durante o velório de seu avô, e decidiu que se a carreira de atriz não vingasse, partiria para um lado mais sombrio.

“Parece estranho, excêntrico e obscuro para se fazer, mas quando eu perdi meu avô fiquei muito irritada com seu velório. A forma como cada pessoa ou família lida com a morte deve ser abordada de maneiras diferentes. Se todo esse lance de atuar não tivesse dado certo esse seria o meu caminho“, contou.

A atriz ainda comentou sobre as constantes entrevistas de ‘fontes’ a tabloides e também falou que aqueles que a conhecem apenas pelas noticias em sites de celebridades, não a conhecem realmente. “Eles não são eu, eles não vivem o meu dia”, completou.

Mãe de seis filhos, Angelina contou que não roda filmes ao mesmo tempo em que o marido, para que as crianças não fiquem sozinhas. A atriz ainda relembrou sua mãe e disse jamais será uma mãe tão boa quanto a sua foi.

Ela era mãe em tempo integral. Tudo para ela eram os filhos. Eu nunca vou ser uma boa mãe como ela. Ela era generosa, amorosa. Ela era melhor que eu“, completou a atriz, que pensa em adotar mais um criança da Etiópia.

Top