Amazon já está disponível no Brasil

A Amazon, um dos maiores nomes de e-commerce do mundo, finalmente chegou ao Brasil. Depois de meses de espera, a loja americana começará a…

Por Isabella Moretti em 06/12/2012

A Amazon, um dos maiores nomes de e-commerce do mundo, finalmente chegou ao Brasil. Depois de meses de espera, a loja americana começará a realizar as suas atividades no território brasileiro, aproveitando os dias que antecedem o natal para aquecer as suas vendas.

Amazon iniciou suas atividades no Brasil. (Foto:Divulgação)

A maior livraria online chegou ao Brasil

Já faz algum tempo que a Amazon está mirando o mercado brasileiro. Primeiro a companhia garantiu a sua estreia no país em 2013, porém acabou adiantando a inauguração para aproveitar o fervor das compras de natal. A chegada da grande empresa de varejo online foi tímida e por enquanto está voltada apenas para o setor de livros.

A Amazon não está totalmente livre para explorar o comércio eletrônico brasileiro, ela já tem um concorrente que também foi lançada na madrugada de quinta-feira (6), o Google Play Book. A loja do Google é uma plataforma que vende/aluga filmes e livros para os clientes que utilizam o sistema Android.

Ao lançar o seu endereço oficial no Brasil, a Amazon logo apresentou o seu cartão de visitas: o Kindle. Este aparelho permite fazer a leitura de livros virtuais e comprar obras por preços mais acessíveis. O lançamento do e-book, que custa R$ 299, promete agitar o mercado editorial.

Saiba mais: Como comprar na Amazon do Brasil

O e-book Kindle custa R$ 299. (Foto:Divulgação)

Nos três primeiros meses, a Amazon deve focar na venda de livros, DVDs, CDs, softwares e jogos. Após este período, ela pretende investir na expansão e incluir novas mercadorias no seu estoque.

O que muda com o lançamento da Amazon no Brasil?

A Amazon chega ao Brasil com a proposta de comercializar os seus produtos por preços mais acessíveis. Graças ao acordo que a varejista fechou com as principais editoras do país, a estreia no mercado livreiro já contou com preços imbatíveis. Os livros de Paulo Coelho, por exemplo, podem ser comprados por valores promocionais que vão de R$ 2,99 até R$ 14,99.

A Amazon brasileira pretende explorar um mercado que ainda está engatinhando no Brasil e não apresenta números tão expressivos. De acordo com informações da Câmara Brasileira do Livro (CBL), em 2011 o faturamento com a venda de livros digitais foi de R$ 870 mil. O número de exemplares vendidos somou um pouco mais de 5.000.

Amazon vai tornar o mercado de livros digitais mais competitivo. (Foto:Divulgação)

A Amazon também terá que enfrentar a concorrência do Kobo, uma loja virtual especializada na venda de livros digitais e que mantém parceria com a Livraria Cultura. Embora a Kobo já tenha uma boa fatia do mercado, a companhia norte-americana acredita que o seu grande diferencial estará no atendimento.

Acesse o site Amazon.com.br e confira as novidades.

Veja também: Como comprar livros na Amazon.com

Top