Alunos prestam homenagem a aluno e professora em escola do ABC

Cerca de 900 alunos soltaram balões, fizeram orações e cantaram para homenagear aluno morto e professora baleada.

Foto: Adriano Lima/Foto Arena/AE

Na manhã de hoje alunos do ensino médio da Escola Municipal Professora Alcina Dantas Feijão, em São Caetano do Sul, vestiram camisetas brancas e soltaram balões brancos na escola para homenagear de forma simbólica o estudante Davi Mota Nogueira e a professora Rosileide Queiros de Oliveira. A homenagem também contou com orações, músicas e discursos. De acordo com informações do portal IG, cerca de 900 estudantes participaram do ato, que deve ser repetido nas aulas do período da tarde.

Os estudantes também pretendem organizar outros atos simbólicos usando as redes sociais e estão programando uma passeata para depois das aulas.

Depoimentos:

Hoje, quarta-feira (28) os pais e irmão de Davi prestam depoimento no 3º Distrito Policial de São Caetano do Sul, que investiga o caso. Já na quinta, a delegada responsável Lucy Fernandes pretende ouvir a professora baleada pelo aluno no próprio hospital.

O caso:

No dia 22 de setembro, David Mota Nogueira entrou na escola municipal Professora Alcina Dantas Feijão com a arma do pai escondida na mochila. De acordo com a polícia o menino atirou contra a professora Rosileide Queiros de Oliveira, de 38 anos dentro de sala de aula e em seguida, disparou contra a própria cabeça.

Os dois foram socorridos com vida, mas Davi morreu após duas paradas cardíacas. Já a professora foi levada para um hospital da região e transferida para o Hospital das Clínicas, onde permanece internada após a retirada da bala, alojada no abdômen.

Top