Aluno de dez anos atira em professora e depois se mata em escola de SP

O estudante era considerado calmo e não tinha histórico de violência, de acordo com a Prefeitura de São Caetano do Sul.

Um aluno de dez anos atirou contra uma professora e se matou logo em seguida. O crime aconteceu na Escola Municipal Professora Alcina Dantas Feijão, localizada em São Caetano do Sul, na Grande São Paulo.

Segundo testemunhas, o aluno do 4º ano, identificado como David Mota Nogueira, pediu para ir ao banheiro. Quando voltou para a sala de aula já estava com o revólver calibre 38 em mãos e atirou na professora Rosileide Queiros de Oliveira, de 38 anos. Logo após o disparo, ele se retirou do local, sentou-se na escada e disparou contra a própria cabeça. No momento em que o aluno atirou, 25 alunos estavam em sala.

Os dois foram socorridos com vida. De acordo com a Prefeitura, o aluno foi atendido no Hospital de Emergência Albert Sabin, porém teve duas paradas cardíacas e morreu às 16h50. Já a professora foi socorrida pelo helicóptero Águia da Polícia Militar e levada para um hospital da região, e em seguida foi transferida para o Hospital das Clínicas onde será operada para a retirada da bala, alojada entre o reto e o útero. Rosileide também teve fratura de bacia, mas seu quadro é considerado estável e não corre risco de morte.

Informações prestadas pelo secretário de segurança Moacyr Rodrigues dão conta de que o revolver usado pelo aluno pertencia ao seu pai, o guarda civil municipal Milton Nogueira. A arma, porém, não pertencia à corporação, sendo de uso particular.

A respeito do aluno, a Prefeitura de São Caetano do Sul afirmou que se tratava de um menino calmo e que não tinha um histórico de violência. Vizinhos contaram que o menor era bastante calmo e tímido e que sua família era considerada exemplar. O corpo do menino está sendo velado no Cemitério das Lágrimas e o enterro está marcado para as 16h

Leia Também:  Bolsas Femininas Baratas – Atacado

De acordo com informações do portal IG, as aulas  nesta sexta-feira na escola municipal foram suspensas.

Top