Alisamento com exovitin: saiba mais

O cabelo liso, macio e brilhante é o sonho de muitas mulheres, pois garante beleza e facilidade no dia-a-dia. Para deixar as madeixas com…

O cabelo liso, macio e brilhante é o sonho de muitas mulheres, pois garante beleza e facilidade no dia-a-dia. Para deixar as madeixas com estas características, o público feminino recorre aos alisamentos, que são realizados nos salões de beleza.

A nova técnica de alisamento não utiliza formol. (Foto:Divulgação)

O principal problema de alisar o cabelo consiste na presença de formol na química. Esta substância, em alta concentração, pode causar coceira, queimaduras, inchaço, vermelhidão do couro cabeludo, irritação, tosse e falta de ar. Se ao formol for frequente, existe a possibilidade de desenvolver câncer ou outros problemas de saúde sérios.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) permite a fabricação de alisantes com até 0,2% de formol. Os produtos que ultrapassam esta quantidade são considerados ilegais.

As mulheres que não desejam colocar a saúde em risco para ter cabelo liso podem optar pelo alisamento com exovitin, uma técnica que não utiliza formol.

Exovitin alisa sem formol

O exovitin faz o alisamento à base de colágeno. (Foto:Divulgação)

O alisamento com exovitin, mais conhecido como exoplastia, garante um efeito liso natural sem prejudicar a fibra capilar ou a saúde. O procedimento é aprovado pela Anvisa e está ganhando força nos principais salões de beleza brasileiros, incluindo aqueles que são frequentados pelas celebridades.

O exovitin surgiu da ideia de reduzir ao máximo o tamanho da molécula de colágeno e aumentar a carga de íons positivos para aplicar na fibra capilar. O ativo promete penetrar nas escamas do cabelo e se ligar as proteínas naturais, modificando o formato. A cada aplicação de exovitin, o cabelo se torna mais liso.

A exoplastia foi criada pelo cirurgião plástico Ricardo Kacowicz, em parceria com o seu pai José Kacowicz.

Leia Também:  Selagem térmica capilar: benefícios, conheça o tratamento

De acordo com o fabricante, o exovitin age em todos os tipos de cabelo, exceto aqueles que estão muito danificados. Se os fios apresentarem danos, eles precisam ser submetidos antes a uma reconstrução capilar.

Benefícios, desvantagens e preços da exoplastia

A exoplastia alisa sem agressões. (Foto:Divulgação)

Quem já experimentou a exoplastia garante que o cabelo fica liso, macio e saudável. No entanto, como a química de alisamento não é tão forte, o resultado pode não ser eficaz para fios muito crespos ou cacheados. Uma desvantagens que os cabeleireiros notaram no procedimento é o pH ácido, que interfere diretamente na pigmentação do cabelo.

A exoplastia não libera fumaça no momento da escovação, o que de certa forma reduz o desconforto da cliente. O tratamento também não faz os olhos arderem ou lacrimejarem.

O alisante com exovitin deve ser aplicado mecha por mecha após a lavagem dos fios. Depois de 30 minutos, a umidade é retirada com o secador e uma prancha é aplicada 12 vezes em cada parte do cabelo.

O preço do alisamento com exovitin varia de 300 a 900 reais. O valor muda de acordo com o salão e tamanho do cabelo.

Top