Alimentos que estimulam leite materno

A amamentação é uma fase mágica na vida da mulher e do bebê, pois é nesse momento que se fortalece o vínculo mãe-filho, através…

O aleitamento materno traz inúmeros benefícios.

A amamentação é uma fase mágica na vida da mulher e do bebê, pois é nesse momento que se fortalece o vínculo mãe-filho, através do tempo passado juntos, do carinho e da oferta de vida, representada pelo alimento, o leite. Entretanto, nesse momento, é bastante comum os pais se depararem com inúmeras dúvidas sobre o aleitamento materno, até porque algumas afirmações falsas muitas vezes não são desmistificadas e acabam preocupando a família.

É importante deixar claro que crendices como: “mulher que faz plástica no seio não pode amamentar”, “o aleitamento materno faz a mulher engordar”, “algumas mamães possuem leite fraco”, “algumas mulheres não são boas produtoras de leite”, não são verdadeiras e por isso é importante não dar ouvidos a tudo o que se houve por aí.

Veja também: Principais problemas que impedem a amamentação.

Confira mais sobre o assunto e esclareça algumas dúvidas.

Benefícios do aleitamento materno

A amamentação ao seio traz uma série de benefícios tanto para a mãe quanto para a criança, pois:

  • Reduz a incidência de câncer no seio;
  • Protege a mãe contra osteoporose;
  • Aproxima a mãe do filho;
  • É um importante fator na redução de alergias alimentares e doenças como asma e rinite;
  • Diminui a incidência de diarreia no bebê;
  • Atua diminuindo as chances da criança desenvolver diabetes na fase adulta;
  • Estimula a imunidade infantil, reduzindo o número de internações hospitalares e infecções respiratórias.

Veja também: Silicone não prejudica amamentação.

Dicas para estimular a lactação

Confira algumas dicas simples que prometem ajudar a aumentar a quantidade de leite produzido e melhorar a alimentação do bebê:

  • É fundamental que a puérpera se mantenha alimentada e muito bem hidratada, bebendo muita água entre os intervalos das mamadas e ao se deitar. É possível variar um pouco e abusar dos sucos naturais e chás (de preferência adoçados com mel);
  • Os fatores emocionais influenciam intensamente a amamentação, portanto, na hora de dar de mamar é aconselhado procurar um ambiente calmo e tranquilo e se manter longe dos problemas da vida agitada;
  • A produção de leite é estimulada pela ordenha, portanto, quanto mais o bebê mamar, mais leite a mãe terá.

A amamentação ao seio fortalece os laços entre mãe e filho.

Alimentos que estimulam a produção

Existem alguns alimentos que, se consumidos pela puérpera, asseguram uma acentuação na produção de leite. Confira a lista das comidas mais indicadas:

  • Cereais, hortaliças e sementes
    • Arroz Integral;
    • Aveia;
    • Canjica;
    • Castanhas;
    • Milho e Derivados;
    • Nozes;
    • Trigo Integral;
    • Beterraba;
    • Cenoura;
    • Espinafre.
  • Frutas
    • Amoras;
    • Morangos;
    • Laranja-lima;
    • Lima-da-pérsia;
    • Graviola;
    • Pinha;
    • Fruta-do-conde;
    • Mamão;
    • Uva;
    • Jaca;
    • Melão .
  • Outros alimentos
    • Amendoim;
    • Banana;
    • Coco;
    • Figo;
    • Maçã;
    • Mamão;
    • Jaca;
    • Pera;
    • Uva.
  • Plantas excelentes para serem usadas em chás
    • Anis verde;
    • Melissa;
    • Urtiga;
    • Angélica;
    • Erva-doce;
    • Cidreira;
    • Hortelã.

Frutas e verduras são excelentes para a produção de leite.

Vale ressaltar que, na grande maioria das vezes, quando surge algum problema na amamentação, ele geralmente é de fácil solução, desde que seja realizado uma consulta com um médico devidamente qualificado.

Leia Também:  Site Emater RS: emater.tche.br

Veja também: A amamentação e os benefícios que ela traz para a mãe e para o bebê.

Top