Alimentos que Ajudam a Prevenir TPM

Todo mês o corpo feminino passa por um verdadeiro turbilhão e junto com ele vem aqueles sintomas dos quais queremos passar longe: irritabilidade, ansiedade, cólica, enxaqueca, retenção de líquidos e outras dores como nos seios e nas pernas. Um panorama que passa longe de ser agradável seja para nós ou mesmo para os outros e ao qual queremos evitar, e muitas anseiam por um alívio. Se você é uma dessas, que tal saber o que uma alimentação adequada pode fazer?

Isso mesmo. Existem alimentos que podem atenuar o desconforto destes dias tão amargos.  Quase todos os sintomas tem a ver com o desequilíbrio de nutrientes em nosso organismo, seja por carência ou por excesso. Por exemplo, aproximadamente dez dias antes da menstruação, ocorre uma baixa de magnésio, cálcio e vitamina B6 em nosso organismo, então nesse caso, a reposição destes itens será um excelente benefício para nós.

O cálcio poderá ser reposto através de alimentos como leite, queijo branco e iogurte, especialmente desnatados e menos gordurosos. O magnésio pode vir sob a forma de abacaxi, manga, milho, beterraba e vegetais verdes ao invés do chocolate, que contém sim o magnésio mas não necessariamente ajuda muito neste período. Já a vitamina B6 pode vir em carnes, lentilha, grãos integrais, banana, batata e levedo de cerveja.

E claro, para melhorar outros sintomas, também é aconselhada a ingestão de alimentos ricos em fibras para que estes auxiliem na eliminação do estrogênio, que é o hormônio principal causador destes dias de inferno, portanto legumes, frutas e verduras são uma boa pedida. O site também aconselha ginko biloba e óleo de prímula para diminuir o desconforto dos inchaços. Já para a retenção de líquidos, é importante ficar de olho na hidratação: isso significa tomar água, sucos e chás. Isto faz um efeito e tanto.

Porém, há alguns alimentos aos quais pode ser recomendado manter uma certa distância neste período. São eles: salsicha, presunto, enlatados e alimentos ricos em sódio como molho inglês e caldo de carne. Já quanto aos doces, pode ser aconselhável limitar o consumo, portanto açúcar, geléia, mel, chocolates e doces em geral podem ser restritos para ingestão uma vez por semana.

Ok, parece complicado, mas não é nada que não possa ser feito com um pouco de persistência, ainda mais, quando a recompensa é um pouco de alívio dos desconfortos tão temidos nestes dias, especialmente quando a solução pode ser fácil de encontrar, já que estes conselhos não envolveram medicamentos de qualquer espécie e podem ser seguidos no dia a dia, afinal tudo isso diz respeito a uma alimentação saudável e balanceada.

Porém, caso isso não funcione, procure a orientação de um ginecologista que com certeza poderá lhe fornecer informações mais específicas para o seu caso, assim como métodos que podem fazer com que o problema diminua ou até mesmo desapareça de vez.

E então? O que está esperando? Prepare a sua lista de compras e inclua seus novos aliados no cardápio!

Reply