Alimentação para mulheres grávidas

Com a chegada do Inverno os cuidados com a saúde devem ser muito maiores, principalmente pelas mulheres que estão grávidas. Nesse período é indispensável…

Legumes e verduras devem estar presentes na alimentação da gestante.

Com a chegada do Inverno os cuidados com a saúde devem ser muito maiores, principalmente pelas mulheres que estão grávidas. Nesse período é indispensável uma alimentação balanceada para o desenvolvimento saudável do bebê.

Alimentação na gravidez

A maioria das grávidas ainda possui a velha ideia de que devem comer por dois. Porém, esse pensamento não está correto. Durante pelo menos três meses antes da tentativa de engravidar, a mulher deve estar o mais perto possível do peso ideal. Isso deve ser levado em consideração, pois não é recomendado emagrecer durante a gravidez.

A gestante deve manter uma alimentação balanceada tanto no Verão quanto no Inverno, priorizando sempre a qualidade e não a quantidade dos alimentos. Essa dieta fornece todas as calorias e nutrientes que são necessários tanto para a mãe quanto para o bebê, sem que a gestante engorde além do necessário.

Leia também: Como manter o peso na gravidez.

 

É importante que as gestantes comam frutas.

14 dicas de alimentação para mulheres grávidas

Conheça como seria uma alimentação saudável para as gestantes:

  1. Dê preferência aos produtos orgânicos, sem uso de agrotóxicos, hormônios de crescimento e modificações genéticas;
  2. Coma alimentos integrais como linhaça, aveia, farinhas, granola e outros;
  3. Faça ingestão de muita verdura como agrião, alface, brócolis, couve e outras;
  4. Use vegetais mais escuros como cheiro-verde, coentro, salsa, hortelã, agrião, e couve, pois são ricos em ferro e ajudam a evitar a anemia;
  5. Legumes como as cenouras, chuchu, repolho, jiló, beterraba, quiabo e abóbora possuem nutrientes necessários para o desenvolvimento do bebê;
  6. As sobremesas como doces, bolos, sorvetes, podem ser consumidas, porém sem exageros;
  7. As frutas são indispensáveis e podem ser consumidas nos intervalos das refeições maiores. O ideal é alternar os valores nutricionais, como por exemplo, uma laranja, depois uma banana e por último uma fatia de melancia;
  8. O feijão é muito importante para a mãe e para o bebê, pois é rico em ácido fólico. Como também as ervilhas, lentilhas, sojas e grãos de bico. O ideal é consumir pelo menos uma concha rasa em cada uma das refeições;
  9. Arroz e milho também são alimentos ricos em carboidratos e indispensáveis durante a alimentação;
  10. As raízes como batata, mandioca, inhame, batata doce possuem muitos nutrientes e devem ser consumidas pelo menos uma vez por dia;
  11. As carnes de aves, peixes ou bovinas são ricas em nutrientes essenciais para o desenvolvimento do bebê e devem ser consumidas pelo menos duas vezes ao dia;
  12. O fígado de boi também ajuda a evitar a anemia;
  13. Os pães devem ser consumidos pelo menos no café da manhã, de preferência os integrais;
  14. O leite é rico em cálcio e deve ser consumido pelo menos uma vez por dia. Caso não goste do leite, os queijos, coalhada e iogurtes naturais são excelentes opções.

Saiba mais em: Dicas de uma alimentação saudável na gravidez. 

 

Dê preferência aos alimentos integrais.

A grávida ainda deve evitar alimentos industrializados e artificiais como salgadinhos, refrigerantes, balas e doces. É importante evitar frituras, alimentos com muito açúcar e bebidas alcoólicas. O ideal é procurar um nutricionista para melhores orientações quanto à alimentação.

Top