Alergias alimentares mais comuns

A alergia é uma resposta anormal do corpo humano contra um antígeno não patogênico (que não tem a capacidade de causar doença), o que…

Os alimentos que mais causam alergia alimentar

A alergia é uma resposta anormal do corpo humano contra um antígeno não patogênico (que não tem a capacidade de causar doença), o que a torna uma resposta sem sentido (porque não tem a finalidade de defender o organismo) e perigosa. A predisposição genética e alguns fatores ambientais estão envolvidos na gênese desse problema.

Muitas pessoas são alérgicas às mais variadas substâncias e os alimentos estão entre os produtos que mais provocam esse incômodo. Aprenda como identificar esse problema e conheça as alergias mais comuns.

Sintomas de alergia alimentar

Os sintomas podem variar de uma pessoa para outra e de intensidade, o que vai depender, principalmente, da quantidade de alimento ingerido, podendo ir desde formigamento nos lábios até dores abdominais, dificuldade de respirar e, em casos mais graves, choque.

Os sintomas não se restringem apenas ao aparelho gastrointestinal, e quando atingem dois ou mais sistemas, a reação é considerada grave. É importante ficar atento porque a tendência é que a gravidade dos sintomas piorem progressivamente, com exposições subsequentes.

O amendoim é um dos alimentos mais alergênicos

Alergias mais comuns

  • Leite

O leite de vaca é um dos principais alimentos causadores de alergia, mas o leite de cabra e búfala também pode desencadear o problema. É mais comum em crianças, todavia, a alergia pode persistir na fase adulta.

Quem sofre desse problema, apresentando os sintomas alérgicos após ingestão de leite ou de produtos que o contenha em sua composição, necessita procurar um especialista para descobrir se o problema envolve algum outro tipo de leite.

  • Amendoim

O amendoim, juntamente com os frutos do mar, pode causar um dos tipos de alergia mais grave, levando ao choque anafilático, no qual cuidados médicos são necessários em situação de emergência, podendo, inclusive, ser fatal.

  • Ovo
Leia Também:  Semana de Moda de Milão Inverno 2012: Dia 24/02

A principal causadora de alergia ao ovo é a albumina, uma proteína encontrada em altas concentrações na clara do ovo. É muito comum em crianças de até cinco anos, sendo mais rara nos adultos.

Para não sofrer carência proteica, as pessoas que não podem comer ovos devem substituí-los por proteínas presentes nas carnes ou cereais.

  • Frutos do mar

Podem causar crises graves de alergia, e geralmente o paciente que não pode ingerir determinado fruto do mar, apresentará reação cruzada com vários outros. O jeito é evitar o consumo de camarão, lagosta, siri, caranguejo, ostras, moluscos, mexilhões e até mesmo alguns tipos de peixes. A reação pode se manifestar de forma imediata ou demorar até duas horas para que comecem a surgir os sintomas.

O camarão pode provocar alergia grave

Se mantenha alerta sobre os sintomas e caso o surgimento destes se relacione à alimentação, uma visita ao médico é fundamental, a fim de que seja identificado, com precisão, o agente responsável pelo quadro alérgico.

Top