Alergia na depilação: como evitar

A depilação é um processo inevitável para o público feminino, e um grande problema que várias mulheres enfrentam são as bolinhas vermelhas, foliculite e…

A depilação é um processo inevitável para o público feminino, e um grande problema que várias mulheres enfrentam são as bolinhas vermelhas, foliculite e descamação que surgem após a eliminação dos pelos. Esse tipo de problema é bastante comum em pessoas com pele sensível ao método depilatório utilizado, mas pode ser amenizado e até mesmo prevenido com alguns cuidados. Entenda como evitar a alergia na depilação.

Veja as dicas para antes e depois da depilação.

Alguns cuidados antes e depois da depilação podem evitar as alergias. (Foto: divulgação)

Esfoliação suave

De acordo com a recomendação de especialistas, a mulher deve se preparar para a depilação com uma semana de antecedência. É indicado utilizar, durante o banho, um creme ou sabonete esfoliante suave, que ajuda a desencravar os pelos e ainda facilitar sua retirada.

A higiene da pele é muito importante para o sucesso da retirada dos pelos, e uma dica especialmente voltada para as mulheres que optam pela depilação com cera, é certificar-se de que a pele, além de bem esfoliada, esteja completamente livre de óleos ou cremes.

Banho morno

Tomar um banho morno é uma excelente maneira de relaxar e pode ajudar tanto a se preparar para o procedimento estético, como também a se recuperar dele. Uma ducha quente ajuda a abrir os poros, facilitando a extração dos pelos. O ideal é ir para baixo do chuveiro cerca de 30 minutos antes da depilação.

O banho morno após a depilação também é importante, pois é nesse momento em que serão removidos quaisquer resíduos. É necessário contar com o auxílio de um removedor próprio, que seja composto por substâncias antissépticas, prevenindo infecções. Após o banho vale a pena aplicar uma loção pós-depilatória, que acalma e regenera a pele.

Leia Também:  Cactos e suculentas: dicas, como cultivar

Saiba quais cuidado tomar antes e  depois da depilação.

Um banho morno antes e depois da depilação previne complicações. (Foto: divulgação)

Cuidados na depilação por lâmina

A depilação com o auxílio de lâmina é a mais popular, entretanto, é necessário tomar uma série de cuidados especiais para evitar complicações, e que acabam não sendo levados a sério por grande parte das mulheres. Para evitar a foliculite e diminuir a agressão cutânea, é fundamental nunca utilizar a lâmina a seco e acompanhar o sentido de crescimento do pelo. Outro cuidado necessário é evitar o uso repetido da lâmina, pois o metal pode se oxidar e causar alergia.

Confira alguns cuidados e dicas para a depilação com lâmina.

Escolha do método depilatório

Dentre todos os métodos depilatórios, o responsável pelo maior índice de alergia é o que utiliza creme depilatório. Esses cosméticos possuem diversos agentes químicos, que eliminam os pelos sem arrancá-los pela raiz. A depilação a laser é a intervenção mais indicada para quem sofre de foliculite, pois a partir da primeira sessão os pelos se tornam mais finos e encravam bem menos.

A depilação com lâmina é a mais comum. (Foto: divulgação)

A alergia decorrente da depilação é um problema comum enfrentado por muitas mulheres, e além da hiperemia local, pode haver foliculite e formação de crostas e vesículas. Para se prevenir, basta seguir as dicas e evitar esse problema tão incômodo.

Top